Você sabia que o cérebro de Einstein foi roubado?

Conheça a bizarra história por trás do roubo do cérebro de um dos humanos mais inteligentes da história.

Você sabia que o cérebro de Einstein foi roubado?
Escrito por: Ms Redação 23 de janeiro de 2017 09h00 Comentários

Todo mundo conhece Albert Einstein, não é mesmo? Mesmo quem nunca viu uma escola na vida já ouviu falar desse nome tão famoso. Einstein é um dos maiores matemáticos que existiram na história e ficou mundialmente famoso pela sua teoria da relatividade.

O grande matemático morreu em abril 1955.

Esse foi o fim pacífico desse gênio alemão que mudou o mundo, mas será que acabou aí mesmo?

A resposta é não! A história de Einstein vai muita além e dura até hoje, por incrível que pareça.

Entenda como.

O que houve com Einstein depois que ele morreu

Quando ele morreu em 1955 ele foi levado para uma autopsia no Hospital de Princeton, onde o médico patologista Thomas Harvey, realizou a autopsia e...roubou o cérebro de Einstein.

Não é brincadeira, isso realmente aconteceu!

O médico roubou o cérebro de Einstein para estuda-lo acreditando que ele poderia descobrir a fonte de todo o intelecto de Einstein e estudar melhor os efeitos da inteligência no corpo humano.

Quando fora descoberto Harvey foi demitido, mas o filho de Einstein permitiu que ele ficasse com o cérebro sob a condição de “Usar o estudo para benefício da ciência e apenas da ciência”.

Harvey então passou a viajar com o cérebro dentro de um cooler de cerveja onde tentava arrumar bicos e empregos temporários para bancar sua pesquisa.

Durante todo esse tempo o cérebro foi analisado e a grande surpresa é que até agora nada de diferente foi descoberto.

Apesar do médico afirmar ter feitos grandes descobertas todas as suas pesquisas foram invalidadas por cientistas mais renomados.

Harvey com pedaços do cérebro de Einstein dentro de um jarro, 1994. 

Você pode querer ver...
Natal: como não engordar nessa época?
Curiosidades Há 2 mêss
Natal: como não engordar nessa época? De acordo com uma pesquisa realizada por cientistas, se você prestar atenção em dicas simples sem exagerar nas bebidas e comidas o ganho de peso é muito menor no fim de ano.
Pelos: por que temos?
Ciência Há 2 mêss
Pelos: por que temos? Essa pergunta foi respondida, pelos menos parcialmente, por pesquisadores da Universidade da Pensilvânia que publicaram um estudo na revista científica Cell Reports.
Aplicativo promete detectar anemia sem agulhas
Curiosidades Há 2 mêss
Aplicativo promete detectar anemia sem agulhas De acordo com os autores, os resultados são animadores e que pretendem disponibilizar para download até o fim do primeiro semestre de 2019.
Novos sóis e novos planetas: vida fora da Terra?
Curiosidades Há 2 mêss
Novos sóis e novos planetas: vida fora da Terra? O estudo demonstra que esses planetas sejam rochosos, havendo um equilíbrio para a existência de vida nesses planetas.
Primeira pomada contra picada de aranha
Ciência Há 2 mêss
Primeira pomada contra picada de aranha Pesquisadores do Instituto Butatã (IB) anunciaram a produção de uma pomada capaz de salvar uma pessoa de uma picada de aranha-marrom (Loxosceles sp).
Aranha amamenta seus filhotes?
Curiosidades Há 2 mêss
Aranha amamenta seus filhotes? Pesquisadores chineses afirmam que sim. Eles descobriram que uma espécie de aranha age de modo semelhante com seus filhotes.
Últimas postagens
1
5 mortes bizarras durante o sexo
2
5 coisas proibidas na Coreia do Norte
3
As 5 profissões mais bem remuneradas da Angola
4
5 imagens que vão 'bugar' seu cérebro!
5
Animais que são parecidos com dragões
6
Piores insetos do mundo
7
Melhores posições para dormir
8
Casamento entre homem e holograma
9
Charles Darwin economista
10
Anfíbio: 'homenagem' a Donald Trump
Parceiros
Publicidade