Que tal ter suas encomendas entregues por um cão robô?

A Google, através da Boston Dynamics, está estudando uma maneira de fazer robôs carteiros.

Que tal ter suas encomendas entregues por um cão robô?
Escrito por: Ms Redação 26 de abril de 2017 22h02 Comentários

Enquanto algumas empresas estão pesquisando como usar drones ou veículos autônomos para entregar mercadorias aos clientes, uma empresa treinou um cão robótico para fazer o trabalho.

"Spot" é uma máquina de quatro patas, criada pela empresa de tecnologia do Google, a Boston Dynamics.

O robô foi introduzido pela primeira vez em um vídeo de 2015 no YouTube, no qual o Spot pode ser visto correndo, subindo escadas e mantendo seu equilíbrio mesmo depois de ser empurrado.

Agora, Spot também pode entregar pacotes que são amarrados às costas, de acordo com o fundador da Boston Dynamics e CEO Marc Raibert que revelou a notícia na conferência TED2017 desta semana.

"Levamos nosso robô para as casas dos funcionários para ver se podemos entrar nas várias vias de acesso", disse Raibert durante a palestra, de acordo com a Wired. "Estamos indo muito bem, cerca de 70% do caminho."

O cão robô irmão menor, chamado "SpotMin”.  SpotMini trotou no palco durante o evento recente e mostrou suas habilidades, de acordo com o blog TED.

SpotMini cria um mapa do mundo à sua volta, o que permite ao robô navegar com facilidade mesmo com diferentes obstáculos, disse Raibert na apresentação. Ele atravessou uma pista de obstáculos no palco e até entregou Raibert um refrigerante, de acordo com o blog TED.

Além dos serviços de entrega, a Boston Dynamics está testando outros usos para esses robôs, incluindo tarefas nas linhas de produção de fábricas, informou The Telegraph.

Spot e SpotMini são apenas dois membros do portfólio de robôs da Boston Dynamics. A empresa também desenvolveu um robô humanoide chamado Atlas que pode andar ereto em terreno irregular, entre outros.

 

Você pode querer ver...
Como a URSS usou bombas nucleares para apagar incêndios
Ciência Há 19 horas
Como a URSS usou bombas nucleares para apagar incêndios A antiga União Soviética utilizou bombas nucleares em alguns incêndios que métodos tradicionais não resolviam.
Segundo estudo é possível fazer 30 minutos de execícios em 2
Ciência Há 20 horas
Segundo estudo é possível fazer 30 minutos de execícios em 2 Segundo a pesquisa, 2 minutos de atividade intensa podem equivaler a 30 minutos de atividade moderada.
A história da mulher que engravidou mesmo sem ter vagina
Curiosidades Há 2 dias
A história da mulher que engravidou mesmo sem ter vagina A história confundiu até mesmo os médicos e é muito mais estranha do que se pode imaginar.
Parece ficção! conheça o Elevador para o Espaço.
Ciência Há 2 dias
Parece ficção! conheça o Elevador para o Espaço. A ideia do grupo é construir um elevador com capacidade para no máximo 30 pessoas, com formato oval que rasgará os céus a 200km/h em um total de oito dias.
Conheça a vacina auto aplicável e que pode ser enviada por Correio!
Curiosidades Há 2 dias
Conheça a vacina auto aplicável e que pode ser enviada por Correio! A ideia é que, se você precisar tomar uma vacina para a gripe por exemplo, mas não tem condições de ir a uma clínica pagar para aplicar a vacina.
Pombos e azar: Como o Tinder foi desenhado para ser viciante
Curiosidades Há 2 dias
Pombos e azar: Como o Tinder foi desenhado para ser viciante Conheça o estudo realizado nos anos 40 que foi responsável pela criação do recurso de "deslizar para a direita"
Últimas postagens
1
O curioso caso do garoto do Vietnã que "nasceu" falando inglês
2
Como a URSS usou bombas nucleares para apagar incêndios
3
Segundo estudo é possível fazer 30 minutos de execícios em 2
4
Duelo animal: Família de lontra enfrenta crocodilo
5
100 Anos - O filme que só poderá ser visto em 2115
6
Observatório evacuado tinha um problema mais grave que ETs
7
Conheça a história do avô mais jovem do mundo
8
A história da mulher que engravidou mesmo sem ter vagina
9
Cafeteria coreana faz sucesso ao parecer história em quadrinhos
10
Parece ficção! conheça o Elevador para o Espaço.
Parceiros
Publicidade