Pesquisa diz que antecedentes dos humanos morreram "de preguiça"

O Homo erectus, antecedente direto do Homo Sapiens, pode ter sido extinto por preguiça de melhorar suas tecnologias e enfrentar as mudanças climáticas.

Pesquisa diz que antecedentes dos humanos morreram
Escrito por: Ms Redação 10 de agosto de 2018 21h14 Comentários

Uma escavação arqueológica numa fazenda arqueológica com traços da Península Arábica durante a Idade da Pedra Primitiva, descobriu que o Homo erectus usava "estratégias de menor esforço" para criar ferramentas e coletar recursos.

Essa 'preguiça' combinada com a incapacidade de se adaptar a um clima em mudança provavelmente desempenhou um papel importante na extinção da espécie, de acordo com o principal pesquisador Dr. Ceri Shipton da Escola de Cultura, História e Linguagem da ANU.

"Eles realmente não pareciam estar se esforçando", disse Shipton.

"Eu não tenho a sensação de que eles eram exploradores buscando um novo horizonte. Eles não têm o mesmo sentimento de busca e curiosidade que temos."

O Dr. Shipton disse que isso era evidente na forma como as espécies faziam suas ferramentas de pedra e coletavam recursos.

"Para fazer suas ferramentas de pedra, eles usariam quaisquer pedras que encontrassem em volta de seu acampamento, que eram em sua maioria de qualidade relativamente baixa", disse ele.

"No local em que olhamos, havia um grande afloramento rochoso de pedra de qualidade a uma curta distância de uma pequena colina.

Mas, em vez de subir o morro, eles usavam apenas pedaços que rolaram e estavam para a base do morro.

Quando olhamos para o afloramento rochoso não havia sinais de qualquer atividade, nenhum artefato e nenhuma exploração da pedra.

Eles sabiam que estava lá, mas por terem recursos suficientes razoáveis, eles parecem ter pensado 'por que se preocupar?'."

Isso contrasta com os fabricantes de ferramentas de pedra de períodos posteriores, incluindo os primeiros Homo sapiens e neandertais, que estavam escalando montanhas para encontrar pedras de boa qualidade e transportá-las por longas distâncias.

O Dr. Shipton disse que o fracasso em progredir tecnologicamente, à medida que seu ambiente secou em um deserto, também contribuiu para o fim da população.

"Não apenas eram preguiçosos, mas também muito conservadores", disse Shipton.

"As amostras de sedimentos mostraram que o ambiente ao seu redor estava mudando, mas estavam fazendo exatamente as mesmas coisas com suas ferramentas.

"Não houve progressão alguma, e suas ferramentas nunca estão muito longe de leitos de rios agora secos. Eu acho que no final o ambiente ficou muito seco para eles. "

O trabalho de escavação e pesquisa foi realizado em 2014 no local de Saffaqah perto de Dawadmi, no centro da Arábia Saudita. Mas os resultados e conclusões estão começando a ganhar o ar da graça agora.

Você pode querer ver...
Nova descoberta
Ciência Há 21 horas
Nova descoberta "reescreve" a Árvore da Vida como conhecemos A descoberta de um novo micróbio que não estava listado em nenhum reino animal pode dar bastante trabalho para biólogos.
China bate recorde de temperatura com novo teste de fusão
Entretenimento Há 22 horas
China bate recorde de temperatura com novo teste de fusão Cientistas conseguiram atingir uma temperatura igual a 7x o interior do Sol, garantindo a fusão nuclear mais quente até o momento.
Gorila-das-montanhas é removido da lista
Entretenimento Há 1 dia
Gorila-das-montanhas é removido da lista "Crítica" de extinção O animal saiu do "Criticamente ameaçado" para " Em perigo", mas já é um bom avanço.
Chuvas no deserto do Atacama foram desastrem, não milagre
Ciência Há 2 dias
Chuvas no deserto do Atacama foram desastrem, não milagre Além de trazer novas vidas, a chuva acabou tirando algumas que existiam no solo árido.
Encontrada nova pintura de Jesus com mais de 1500 anos
Ciência Há 2 dias
Encontrada nova pintura de Jesus com mais de 1500 anos Essa é uma das pinturas mais antigas de Cristo.
Nova foto de Júpiter retirada pela sonda Juno surpreende
Ciência Há 5 dias
Nova foto de Júpiter retirada pela sonda Juno surpreende A foto é rica em detalhes e mostra um pouco das nuvens do gigante gasoso.
Últimas postagens
1
Foto de Hitler e garota judia é leiloada por mais de U$10.000
2
Nova descoberta "reescreve" a Árvore da Vida como conhecemos
3
China bate recorde de temperatura com novo teste de fusão
4
Motos voadoras estão começando a ser vendidas
5
Arquélogos descobrem a cidade perdida de Tenea
6
Gorila-das-montanhas é removido da lista "Crítica" de extinção
7
10 erros de design que nem dá para acreditar que são reais
8
Chuvas no deserto do Atacama foram desastrem, não milagre
9
O Facebook está começando a testar botão "desenviar"
10
Encontrada nova pintura de Jesus com mais de 1500 anos
Parceiros
Publicidade