Missão para limpar a orbita da terra começa e conta com um arpão

O RemoveDEBRIS será testado para demonstrar a sua capacidade de remover lixo da orbita da terra usando redes e um arpão.

Missão para limpar a orbita da terra começa e conta com um arpão
Escrito por: Ms Redação 03 de abril de 2018 16h41 Comentários

Um satélite experimental foi lançado ao espaço a bordo de um foguete SpaceX Falcon9 em 2 de abril. A missão do satélite? Limpar os mais de 21.000 pedaços de lixo que estão atualmente em órbita baixa ao redor da Terra.

Viajando a até 28.200 quilômetros por hora, qualquer objeto maior que 1 centímetro representa uma ameaça constante a satélites, estações espaciais tripuladas e veículos de missões. E, infelizmente, nosso depósito flutuante contém pedaços de detritos tão grandes quanto os ônibus de dois andares.

Além de constantemente rastrear os movimentos desses objetos, pouco foi feito para tirá-los de órbita - até agora. RemoveDEBRIS, desenvolvido por um grupo de pesquisa internacional liderado pelo Centro Espacial Surrey, na Universidade de Surrey, Reino Unido, apresenta duas possíveis tecnologias que começarão a ser testadas pelos astronautas da Estação Espacial Internacional (ISS).

O satélite de 100 quilos, equipado com câmera e vídeo, será montado dentro da ISS e colocado em órbita fora da estação por um braço robótico.

A primeira a ser avaliada é a tecnologia de captura por rede do RemoveDEBRIS, onde, como o nome sugere, uma rede de projétil terá como alvo um pedaço artificial de lixo. A rede estará compacta em um cubo de 10 centímetros com um balão inflável lançado da unidade removedora. Se tudo correr de acordo com o planejado, a rede envolverá o cubesat e o balão, forçando os objetos a saírem da órbita (e consequentemente se queimarem na reentrada).

Em seguida, o sistema de navegação automatizado baseado na visão da unidade RemoveDebris para caracterizar e rastrear o lixo espacial será avaliado enviando um segundo cubo.

A verdadeira diversão vai começar quando o segundo método de caça-tranqueira for usado. Um arpão em miniatura, é disparado no segundo cubo a fim de derrubá-lo da órbita.

E por último, mas não menos importante, para evitar tornar-se lixo espacial, a plataforma RemoveDebris deve mostrar que pode sair de órbita quando a sua missão de teste terminar. Para conseguir isso, a unidade irá desdobrar uma grande vela, que pegará as moléculas de ar espalhadas pelo topo da atmosfera e criará um freio. Isso, por sua vez, puxará rapidamente a unidade de volta para a Terra.

Uma vez que essas quatro fases tenham sido concluídas, a equipe analisará quais partes da missão foram bem-sucedidas e quais precisam ser melhoradas.

"Todas essas tecnologias diferentes têm suas vantagens e desvantagens", disse o investigador principal, professor Guglielmo Aglietti, à BBC. "Por exemplo, os que estamos testando - a rede e o arpão - são simples e de baixo custo, mas podem ser considerados mais arriscados em certas circunstâncias do que um braço robótico.

Por outro lado, se o seu pedaço de detritos está girando muito rápido, torna-se muito difícil capturá-lo com um braço robótico e uma abordagem com uma rede pode funcionar melhor."

 

Você pode querer ver...
Vídeo mostra momento que barco é atingido por bola de lava
Ciência Há 2 dias
Vídeo mostra momento que barco é atingido por bola de lava Felizmente ninguém morreu, mas foi muita sorte...
Novos testes conseguem matar 80% dos mosquitos, na Austrália
Entretenimento Há 1 semana
Novos testes conseguem matar 80% dos mosquitos, na Austrália Alguns testes semelhantes também estão acontecendo no Brasil.
Chinês fica com cabo USB preso no...bom...em um lugar nada legal
Ciência Há 1 semana
Chinês fica com cabo USB preso no...bom...em um lugar nada legal Homens cuidado com essa notícia, ela pode fazer vocês se sentirem bem desconfortáveis.
China diz ter desenvolvido o primeiro fuzil a laser do mundo
Ciência Há 2 semanas
China diz ter desenvolvido o primeiro fuzil a laser do mundo Segundo informações ele tem alcance de 800 metros e é capaz de matar com uma fração de segundo.
Entretenimento Há 2 semanas
"Acordar com o pé esquerdo" é real e pode prejudicar o seu dia Veja como você deve pensar ao acordar para evitar um dia frustrante.
Cheiro forte de passageiro obriga pouso de emergência
Ciência Há 2 semanas
Cheiro forte de passageiro obriga pouso de emergência Infelizmente o motivo pelo mau cheiro não é nada cômico como a ideia sugere.
Últimas postagens
1
Homem vive dentro de carro para fugir dos abusos da mulher
2
Por que homens vivem menos? Essas fotos podem conter a resposta
3
Vídeo mostra momento que barco é atingido por bola de lava
4
Confira mais alguns dos piores designs encontrados por ai
5
"Cão Milagrosa" sobrevive 6 dias no deserto após cair de avião
6
Artista cria desenhos "vivos" impressionantes
7
10 fotos que vão te deixar levemente desconfortável
8
9 situações malucas encontradas em aeroportos
9
Russo divorcia de mulher por causa do Lionel Messi
10
Mulher viaja mil KM para encontra rapaz, mas era uma pegadinha
Parceiros
Publicidade