Imagens mostram mais da preocupante situação dos oceanos

Um tamboril traz em seu estomago uma triste imagem.

Imagens mostram mais da preocupante situação dos oceanos
Escrito por: Ms Redação 26 de novembro de 2018 15h50 Comentários

Como Attenborough deixou bem claro, estamos sufocando os oceanos do mundo com lixo plástico, sejam as outrora idílicas águas do Caribe ou o fundo da trincheira mais profunda do mundo. Uma série de fotografias recém-lançadas está servindo como mais um triste lembrete desse problema predominante.

As imagens mostram um tamboril que foi recentemente capturado com uma garrafa de plástico inteira de 500 mililitros alojada em seu estômago. O tamboril tem bocas super largas e estômagos distensíveis, o que significa que eles podem engolir qualquer coisa que tenha até o seu próprio tamanho, por isso não são apenas pequenos itens que colocam as criaturas marinhas em perigo.

Se isso não convencer você a reciclar seu lixo de plástico corretamente, nada vai.

De acordo com a Jeonbuk Environmental Movement Coalition, a fotografia foi tirada por um grupo de pescadores depois de capturar os peixes comumente consumidos perto de Buan-Gun, no norte de Jeolla, República da Coréia.

 

 "Estamos encontrando mais plástico e lixo dentro do peixes hoje em dia", disse Hwan, o pescador que pescou o peixe, ao jornal sul-coreano JoongAng Ilbo.

“Eu encontrei produtos de vinil, latas e pedaços de plástico dentro de alguns peixes, e o tipo de peixe não se limita ao tamboril. Eu também encontrei resíduos plásticos dentro de mudskippers e bartails. "

"É preocupante", acrescentou Hwang, "porque as pessoas não parecem se importar com o meio ambiente".

O problema da poluição plástica nem sempre é tão simples quanto a vida marinha engolindo pedaços inteiros de lixo, embora isso seja evidentemente uma preocupação. Microplásticos, minúsculos pedaços de plástico com menos de 5 milímetros de comprimento, são pequenos o suficiente para ficarem embutidos no tecido dos animais por ingestão ou respiração. Comer esses peixes também significa que as centenas de microplásticos estão se acumulando em seu corpo também.

Estudos sugeriram que microplásticos particularmente pequenos podem até entrar na corrente sanguínea, no sistema linfático, no fígado e no trato intestinal. Você também pode, sem surpresa, encontrá-los no intestino humano.

Os efeitos na saúde da exposição a microplásticos ainda não são claros. No entanto, a maioria dos cientistas argumentaria que os microplásticos não são exatamente a base de uma dieta saudável. Só neste ano, a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou que está lançando uma investigação sobre os riscos a longo prazo dos microplásticos na água potável.

Você pode querer ver...
Natal: como não engordar nessa época?
Curiosidades Há 3 mêss
Natal: como não engordar nessa época? De acordo com uma pesquisa realizada por cientistas, se você prestar atenção em dicas simples sem exagerar nas bebidas e comidas o ganho de peso é muito menor no fim de ano.
Pelos: por que temos?
Ciência Há 3 mêss
Pelos: por que temos? Essa pergunta foi respondida, pelos menos parcialmente, por pesquisadores da Universidade da Pensilvânia que publicaram um estudo na revista científica Cell Reports.
Aplicativo promete detectar anemia sem agulhas
Curiosidades Há 3 mêss
Aplicativo promete detectar anemia sem agulhas De acordo com os autores, os resultados são animadores e que pretendem disponibilizar para download até o fim do primeiro semestre de 2019.
Novos sóis e novos planetas: vida fora da Terra?
Curiosidades Há 3 mêss
Novos sóis e novos planetas: vida fora da Terra? O estudo demonstra que esses planetas sejam rochosos, havendo um equilíbrio para a existência de vida nesses planetas.
Primeira pomada contra picada de aranha
Ciência Há 3 mêss
Primeira pomada contra picada de aranha Pesquisadores do Instituto Butatã (IB) anunciaram a produção de uma pomada capaz de salvar uma pessoa de uma picada de aranha-marrom (Loxosceles sp).
Aranha amamenta seus filhotes?
Curiosidades Há 3 mêss
Aranha amamenta seus filhotes? Pesquisadores chineses afirmam que sim. Eles descobriram que uma espécie de aranha age de modo semelhante com seus filhotes.
Últimas postagens
1
Coisas esquisitas que são ou foram proibidas em outros países
2
5 objetos nojentos que você nem imaginava
3
Conheça mais sobre o Massacre em Suzano
4
Confira como seriam alguns rappers famosos sem suas tatuagens
5
Canais bizarros no Youtube
6
A mulher que se casou com uma boneca zumbi
7
5 mortes bizarras durante o sexo
8
5 coisas proibidas na Coreia do Norte
9
As 5 profissões mais bem remuneradas da Angola
10
5 imagens que vão 'bugar' seu cérebro!
Parceiros
Publicidade