Encontrados restos da Luzia fóssil que estava no Museu Nacional

Ela era uma das peças mais importante em exposição.

Encontrados restos da Luzia fóssil que estava no Museu Nacional
Escrito por: Ms Redação 25 de outubro de 2018 16h36 Comentários

As autoridades estão lentamente juntando as peças do que sobrou do Museu Nacional do Brasil depois que ele pegou fogo em setembro. Agora, um dos bens mais valiosos do museu foi encontrado e está trazendo boas notícias das cinzas do desastre.

Fragmentos da Luzia, os restos humanos de 12 mil anos, os mais encontrados nas Américas foram recuperados, incluindo cerca de 80% do crânio, que inclui partes da testa e do nariz, os ossos laterais e um fragmento do fêmur, bem como uma parte da caixa em que o crânio foi armazenado. Apelidado de “Luzia” em homenagem a Lucy, o fóssil de 3,2 milhões de anos de idade encontrado na África, o esqueleto foi descoberto durante uma escavação em 1975 próximo a Belo Horizonte. Acreditava-se que ela estivesse entre a primeira onda de humanos a migrar para a América do Sul e acreditava-se que estivesse completamente perdida nas chamas.

Esta boa notícia inesperada aumentou a ideia de que a esperança não está perdida para as muitas contribuições importantes do museu para a ciência.

Os funcionários de emergência do museu começaram a procurar pelo fóssil e outros artefatos há cerca de um mês. Espera-se que os esforços de recuperação custem cerca de R$ 9 milhões de e continuem em fevereiro do próximo ano, informa Globonews.

Acredita-se que muitos itens insubstituíveis significativos para a ciência e o conhecimento nacional sejam perdidos para sempre, incluindo múmias da América do Sul, artefatos antigos do Egito, dinossauros e outros espécimes de invertebrados. Notavelmente, um dos maiores meteoritos do mundo sobreviveu ao fogo.

Você pode querer ver...
Veja a 1ª imagem de um buraco negro da história, um verdadeiro 'monstro' maior que o Sistema Solar
Ciência Há 1 semana
Veja a 1ª imagem de um buraco negro da história, um verdadeiro 'monstro' maior que o Sistema Solar Primeira imagem de um buraco negro é finalmente tirada e ele é considerado um verdadeiro ‘monstro’ pelos Astrônomos.
Natal: como não engordar nessa época?
Curiosidades Há 4 mêss
Natal: como não engordar nessa época? De acordo com uma pesquisa realizada por cientistas, se você prestar atenção em dicas simples sem exagerar nas bebidas e comidas o ganho de peso é muito menor no fim de ano.
Pelos: por que temos?
Ciência Há 4 mêss
Pelos: por que temos? Essa pergunta foi respondida, pelos menos parcialmente, por pesquisadores da Universidade da Pensilvânia que publicaram um estudo na revista científica Cell Reports.
Aplicativo promete detectar anemia sem agulhas
Curiosidades Há 4 mêss
Aplicativo promete detectar anemia sem agulhas De acordo com os autores, os resultados são animadores e que pretendem disponibilizar para download até o fim do primeiro semestre de 2019.
Novos sóis e novos planetas: vida fora da Terra?
Curiosidades Há 4 mêss
Novos sóis e novos planetas: vida fora da Terra? O estudo demonstra que esses planetas sejam rochosos, havendo um equilíbrio para a existência de vida nesses planetas.
Primeira pomada contra picada de aranha
Ciência Há 4 mêss
Primeira pomada contra picada de aranha Pesquisadores do Instituto Butatã (IB) anunciaram a produção de uma pomada capaz de salvar uma pessoa de uma picada de aranha-marrom (Loxosceles sp).
Últimas postagens
1
Conheça as estrelas que são muito maiores que o Sol
2
Veja a 1ª imagem de um buraco negro da história, um verdadeiro 'monstro' maior que o Sistema Solar
3
Músicas felizes que na verdade são tristes
4
Coisas desnecessárias compradas por pessoas ricas
5
Imagens satisfatórias que você vai gostar
6
Coisas esquisitas que são ou foram proibidas em outros países
7
5 objetos nojentos que você nem imaginava
8
Conheça mais sobre o Massacre em Suzano
9
Confira como seriam alguns rappers famosos sem suas tatuagens
10
Canais bizarros no Youtube
Parceiros
Publicidade