Barco português pesca tubarão pré-histórico com 300 dentes

Apesar de assustador, este é um caso importante para a biologia, afinal é muito raro que um desses animais sejam capturados.

Barco português pesca tubarão pré-histórico com 300 dentes
Escrito por: Ms Redação 10 de novembro de 2017 23h43 Comentários

Pesquisadores a bordo de um barco redeiro português pegaram um passageiro incomum esta semana. Os cientistas estavam trabalhando em uma missão liderada pela UE para encontrar maneiras de reduzir o número de capturas acidentais pela pesca comercial quando se deparam com um tubarão cobra (Chlamydoselachus anguineus).

Não só esta raça particular de tubarão é um achado incrivelmente raro (estes são peixes de águas profundas, geralmente vivendo em profundidades entre 500 e 1.000 metros), também é uma das espécies mais arcaicas do planeta. Os arqueólogos encontraram fósseis desse tubarão tipo serpente que remonta a 80 milhões de anos para o período Cretáceo, o que significa que eles coexistiram com o Tiranossauro e Triceratops.

Os pesquisadores chamaram sua captura de um "fóssil vivo", já que o tubarão cobra praticamente não evoluiu desde os tempos pré-históricos. Eles são longos e parecidos com enguias, com seis pares de fendas branquiais e 300 dentes tricúspides, que você pode ver na imagem. Cada dente é constituído por três pontos agudos.

Este espécime particular foi apanhado na costa do Algarve, perto do resort de Portimão. Ele foi encontrado em uma profundidade de 700 metros quando os pesquisadores o descobriram.

Os tubarões cobra podem atingir comprimentos de quase 2 metros, embora os machos tendam a ser menores do que as fêmeas. Este tubarão português tinha 1,5 metros, mas ainda há dúvidas se é masculino ou feminino.

Samuel Garman foi um dos primeiros cientistas a estudar o animal, em 1883. Ele acreditava que suas características de serpente inspiravam lendas de serpentes marinhas. Os cientistas hoje pensam que é provável que eles ataquem suas vítimas da mesma forma que as cobras, com botes repentinos. Mas como existem poucos registros destes animais, não se sabe com certeza.

Como os pesquisadores disseram para repórteres no Sic Noticias, um canal de TV português, "há pouco conhecimento em termos de biologia ou meio ambiente". Embora esses peixes assustadores possam ser encontrados em locais nos oceanos Pacífico e Atlântico, eles têm um intervalo irregular e preferem águas mais profundas. Isso significa que há muito pouca filmagem dos tubarões em seu habitat natural e que raramente são capturados. Quando eles são, é ainda mais raro que eles sejam levados de volta ao laboratório para serem estudados.

 

Você pode querer ver...
Sonda da NASA encontra
Ciência Há 1 dia
Sonda da NASA encontra "parede" no fim do sistema solar Será que essa parede serve para manter alguma coisa para fora? Provavelmente não, já que é apensa de luz, mas é interessante.
Pesquisa diz que antecedentes dos humanos morreram
Ciência Há 6 dias
Pesquisa diz que antecedentes dos humanos morreram "de preguiça" O Homo erectus, antecedente direto do Homo Sapiens, pode ter sido extinto por preguiça de melhorar suas tecnologias e enfrentar as mudanças climáticas.
Pessoas estão fazendo cirurgia para ficar parecidas com filtros
Ciência Há 1 semana
Pessoas estão fazendo cirurgia para ficar parecidas com filtros As internet está cada vez mais prejudicial para muitas pessoas, principalmente os jovens.
Série Invenções malucas mas úteis: O lavador portátil de louça
Ciência Há 1 semana
Série Invenções malucas mas úteis: O lavador portátil de louça O equipamento promete ser o lavador de louças perfeito para não gosta nem um pouco de realizar essa tarefa.
Vida fora da Terra? Cientistas descobrem água liquida em Marte!
Ciência Há 2 semanas
Vida fora da Terra? Cientistas descobrem água liquida em Marte! Na última semana, cientistas da Agência Espacial Italiana anunciaram a descoberta de um reservatório subterrâneo de água líquida no planeta Marte.
Jovem alérgico ao sol ganha máscara realista para poder sair
Ciência Há 2 semanas
Jovem alérgico ao sol ganha máscara realista para poder sair Alex não pode sair no sol sem nenhum tipo de proteção no rosto. Para evitar a estranheza, ele ganhou uma mascara realista de seu rosto.
Últimas postagens
1
Pessoas estão ficando ricas vendendo fraldas para galinhas
2
7 Invenções que podem salvar a sua vida
3
Homem briga com mulher e atinge própria casa com um avião
4
Sonda da NASA encontra "parede" no fim do sistema solar
5
Casa milagrosa de Sydney derrama óleo pelas paredes e cura fiéis
6
13 imagens que provam que as coisas são maiores do que parecem
7
Sem educação: Arara manda bombeiro se f-- durante resgate
8
24 imagens que provam que a natureza é assustadora
9
Homem finge que morreu para fazer mulher parar de pedir dinheiro
10
17 pessoas que resolveram seus problemas com muita criatividade
Parceiros
Publicidade