A radiação de Fukushima afetou todo mundo, incluindo você

Segundo dados de pesquisa, todas as pessoas do mundo foram atingidas pela radiação da usina.

A radiação de Fukushima afetou todo mundo, incluindo você
Escrito por: Ms Redação 09 de maio de 2017 17h37 Comentários

Não entre em pânico. Esta é a principal mensagem de uma equipe de cientistas da OMS que realizou uma pesquisa global sobre a exposição à radiação causada pelo rompimento da usina nuclear de Fukushima-Daiichi.

A equipe concluiu que: Todos na Terra recebeu radiação equivalente de um raio-X. Apesar de ser um dado assustador este risco é insignificante. Já que raios X e tomografias são bem comuns na vida dos seres humanos.

O colapso do reator nuclear ocorreu após um terremoto de 9,0 graus de magnitude na costa do Japão que provocou um tsunami em 11 de março de 2011. Durante o evento, grandes quantidades de materiais radioativos foram lançadas no ambiente, com cerca de 80 por cento depositados no oceano. A principal fonte de radiação foi a do elemento césio-137 (famoso no Brasil por ter causado o “pesadelo de Goiânia”).

No entanto, "nós não precisamos nos preocupar", disse Nikolaos Evangeliou do Instituto Norueguês de Pesquisa na reunião anual da União Europeia de Geociências, em Viena.

Para quantificar o efeito biológico de radiação absorvida por níveis de tecidos humanos, os cientistas usaram uma unidade chamada Sieverts. Após o desastre de Fukushima, cada pessoa no mundo recebeu 0,2 millisieverts (mSv) de radiação.

Isso, a equipe diz, é pouco comparado com o nível anual de radiação no Reino Unido, cerca de 2,7 mSv por ano. A radiografia de tórax padrão é de 0,1 mSv, enquanto a análise de CT típica produz 15 mSv.

Para colocar em perspectiva, é preciso de 1.000 mSv (1 SV) de radiação para começar o surgimento de doenças.

Os moradores que viviam perto da usina de Fukushima receberam uma dose de radiação ligeiramente superior, entre 1 e 5 mSv

Você pode querer ver...
Veja a 1ª imagem de um buraco negro da história, um verdadeiro 'monstro' maior que o Sistema Solar
Ciência Há 2 semanas
Veja a 1ª imagem de um buraco negro da história, um verdadeiro 'monstro' maior que o Sistema Solar Primeira imagem de um buraco negro é finalmente tirada e ele é considerado um verdadeiro ‘monstro’ pelos Astrônomos.
Conheça mais sobre o Massacre em Suzano
Tragédias Há 1 mês
Conheça mais sobre o Massacre em Suzano Conheça um pouco mais sobre o caso do Massacre em Suzano que aconteceu recentemente.
Natal: como não engordar nessa época?
Curiosidades Há 4 mêss
Natal: como não engordar nessa época? De acordo com uma pesquisa realizada por cientistas, se você prestar atenção em dicas simples sem exagerar nas bebidas e comidas o ganho de peso é muito menor no fim de ano.
Pelos: por que temos?
Ciência Há 4 mêss
Pelos: por que temos? Essa pergunta foi respondida, pelos menos parcialmente, por pesquisadores da Universidade da Pensilvânia que publicaram um estudo na revista científica Cell Reports.
Aplicativo promete detectar anemia sem agulhas
Curiosidades Há 4 mêss
Aplicativo promete detectar anemia sem agulhas De acordo com os autores, os resultados são animadores e que pretendem disponibilizar para download até o fim do primeiro semestre de 2019.
Novos sóis e novos planetas: vida fora da Terra?
Curiosidades Há 4 mêss
Novos sóis e novos planetas: vida fora da Terra? O estudo demonstra que esses planetas sejam rochosos, havendo um equilíbrio para a existência de vida nesses planetas.
Últimas postagens
1
Funcionalidades incríveis do Google Maps
2
Conheça as estrelas que são muito maiores que o Sol
3
Veja a 1ª imagem de um buraco negro da história, um verdadeiro 'monstro' maior que o Sistema Solar
4
Músicas felizes que na verdade são tristes
5
Coisas desnecessárias compradas por pessoas ricas
6
Imagens satisfatórias que você vai gostar
7
Coisas esquisitas que são ou foram proibidas em outros países
8
5 objetos nojentos que você nem imaginava
9
Conheça mais sobre o Massacre em Suzano
10
Confira como seriam alguns rappers famosos sem suas tatuagens
Parceiros
Publicidade