Saiba como um divórcio mudou toda a história do Cinema

Entenda como o divórcio de duas pessoas criou uma das eras mais controversas do cinema.

Saiba como um divórcio mudou toda a história do Cinema
Escrito por: Ms Redação 21 de julho de 2017 23h19 Comentários

Sempre ouvimos que o amor é capaz de mudar o mundo. Isso é bem verdade, um exemplo disso é a Primeira Guerra Mundial, que foi causada por problemas de romances que não deram certo.

Mas além de mudar o mundo real, o amor também é capaz de mudar o mundo cinematográfico. Não estamos falando apenas das histórias de amor como “Lagoa Azul” e “Titanic”, mas dos bastidores, da direção e de outros fatores que influenciam o cinema até hoje.

Um exemplo disso é a criação da classificação “13 Anos” para filmes, que não existia até pouco tempo, mas foi criada por causa de dois divórcios.

Se você pesquisar a bilheteria das últimas décadas, verá como os filmes “PG-13” são influentes e verdadeiros arrasa-quarteirões em arrecadamento. 8 dos últimos 10 filmes mais rentáveis têm classificação 13 anos.

Essa classificação, junto com o seu grande sucesso, tem sidos considerada a culpada pela reestruturação completa do cinema. Os estúdios estão deixando os filmes cada vez mais leves e menos arriscados para agradar e receber públicos de qualquer idade.

Porém, o filme que inspirou a criação da classificação “PG-13” não era um filme tão “ameno” como os de hoje. O filme em questão é o “Indiana Jones e o Templo da Perdição”, de 1984, o segundo filme da franquia.

Durante o filme é possível ver cenas gráficas de corações sendo arrancados e animais mortos, além de cenas com crianças escravas e algumas mortes bem brutais.

Mas a violência e tom obscuro do filme tem uma razão. Durante as gravações, tanto George Lucas quanto Steven Spielberg escritor e diretor do filme, respectivamente, estavam passando por conturbados divórcios.

O tom do filme foi inspirado na raiva e na frustração de Lucas e Spielberg que estavam sentindo-se perturbados com os divórcios e usaram algumas cenas do filme e partes da história para expressar um pouco desse sentimento ruim.

Quando o filme foi levado para classificação pelo órgão responsável, o MPAA, eles não conseguiam classifica-lo como 18 anos, mas também não dava para ser para grupos livres. Foi aí que nasceu o “PG-13”.

Você pode querer ver...
Homem vive dentro de carro para fugir dos abusos da mulher
Entretenimento Há 3 horas
Homem vive dentro de carro para fugir dos abusos da mulher Infelizmente Robin teve que conviver com abusos cometidos pela parceira ciumenta e violenta.
Por que homens vivem menos? Essas fotos podem conter a resposta
Entretenimento Há 3 horas
Por que homens vivem menos? Essas fotos podem conter a resposta Segurança em primeiro lugar...mas nem sempre.
Confira mais alguns dos piores designs encontrados por ai
Entretenimento Há 2 dias
Confira mais alguns dos piores designs encontrados por ai Designers precisam estudar para evitar esse tipo de erro.
Entretenimento Há 3 dias
"Cão Milagrosa" sobrevive 6 dias no deserto após cair de avião Gaspar foi um verdadeiro herói e conseguiu algo que a maioria dos humanos não seria capaz.
Artista cria desenhos
Entretenimento Há 3 dias
Artista cria desenhos "vivos" impressionantes Apenas usando um desenho e papel dobrado, os desenhos parecem se transformar completamente.
10 fotos que vão te deixar levemente desconfortável
Entretenimento Há 4 dias
10 fotos que vão te deixar levemente desconfortável Mesmo quem não tem TOC não vai gostar nada disso.
Últimas postagens
1
Homem vive dentro de carro para fugir dos abusos da mulher
2
Por que homens vivem menos? Essas fotos podem conter a resposta
3
Vídeo mostra momento que barco é atingido por bola de lava
4
Confira mais alguns dos piores designs encontrados por ai
5
"Cão Milagrosa" sobrevive 6 dias no deserto após cair de avião
6
Artista cria desenhos "vivos" impressionantes
7
10 fotos que vão te deixar levemente desconfortável
8
9 situações malucas encontradas em aeroportos
9
Russo divorcia de mulher por causa do Lionel Messi
10
Mulher viaja mil KM para encontra rapaz, mas era uma pegadinha
Parceiros
Publicidade