Qual é o segredo da felicidade? De acordo com a ciência

Não, não é dinheiro.

Qual é o segredo da felicidade? De acordo com a ciência
Escrito por: Ms Redação 23 de abril de 2018 21h27 Comentários

Qual é o segredo para a felicidade? É uma questão que os filósofos vêm debatendo desde os dias de Sócrates. Agora, a ciência pode ter a resposta. Um estudo de cerca de 80 anos realizado por uma equipe de cientistas da Universidade de Harvard descobriu que uma rede de relações fortes (não dinheiro ou sucesso) é a chave verdadeira para uma vida longa e feliz.

"As pessoas que estavam mais satisfeitas em seus relacionamentos aos 50 anos eram as mais saudáveis ??aos 80 anos", disse Robert Waldinger, diretor do estudo e professor de psiquiatria da Harvard Medical School, durante um TED Talk.

Então, parece que Huey Lewis and the News estavam certos o tempo todo.

O Estudo de Segunda Geração de Harvard começou em 1938, quando uma equipe de pesquisadores começou a rastrear as vidas e a saúde de 268 alunos do segundo grau de Harvard - incluindo o futuro editor do Washington Post, Ben Bradlee, e o futuro presidente dos EUA, John F. Kennedy. Nos anos seguintes, o número de recrutas expandiu-se para incluir suas esposas, 456 residentes no centro da cidade de Boston e suas esposas, e 1.300 dos descendentes dos estudantes de Harvard, que agora estarão com seus 50 e 60 anos. A intenção com o último grupo foi explorar as maneiras pelas quais as primeiras experiências da vida afetam a saúde de uma pessoa mais tarde.

Durante o estudo, os pesquisadores acompanharam a saúde dos participantes e suas vidas em geral, incluindo seus fracassos e sucessos na carreira e no amor, por meio de registros médicos, entrevistas e questionários. Nos primeiros anos do estudo, os cientistas também coletaram (bizarramente) informações sobre as sobrancelhas, verrugas e textos escritos a mão do participantes. Mais tarde, quando a tecnologia se tornou disponível, a equipe usou testes de DNA e ressonância magnética para pintar um quadro mais preciso da saúde de cada participante, o que mostra até que ponto a ciência chegou no decorrer do estudo.

Após 80 anos, o estudo descobriu que a riqueza, a genética, a classe social e o QI não são tão importantes para a longevidade e a felicidade quanto os relacionamentos de uma pessoa com seus amigos, familiares e comunidade - um resultado que teria chocado os pesquisadores originais.

"Quando o estudo começou, ninguém se preocupou com empatia ou apego", explicou George Vaillant, um psiquiatra que liderou a equipe de 1972 a 2004. "Mas a chave para o envelhecimento saudável é relacionamentos, relacionamentos, relacionamentos."

Na verdade, os relacionamentos são tão importantes quando se trata de uma vida saudável que a satisfação no relacionamento aos 50 anos era uma indicação melhor de saúde física aos 80 anos do que os níveis de colesterol.

“Cuidar do seu corpo é importante, mas cuidar de seus relacionamentos também é uma forma de autocuidado. Essa, penso eu, é a grande revelação ”, acrescentou Waldinger.

E seu melhor conselho depois de anos estudando saúde e envelhecimento? "Cuide do seu corpo como se você fosse precisar dele por 100 anos, porque você pode precisar."

Você pode querer ver...
Natal: como não engordar nessa época?
Curiosidades Há 1 mês
Natal: como não engordar nessa época? De acordo com uma pesquisa realizada por cientistas, se você prestar atenção em dicas simples sem exagerar nas bebidas e comidas o ganho de peso é muito menor no fim de ano.
Pelos: por que temos?
Ciência Há 1 mês
Pelos: por que temos? Essa pergunta foi respondida, pelos menos parcialmente, por pesquisadores da Universidade da Pensilvânia que publicaram um estudo na revista científica Cell Reports.
Aplicativo promete detectar anemia sem agulhas
Curiosidades Há 1 mês
Aplicativo promete detectar anemia sem agulhas De acordo com os autores, os resultados são animadores e que pretendem disponibilizar para download até o fim do primeiro semestre de 2019.
Novos sóis e novos planetas: vida fora da Terra?
Curiosidades Há 1 mês
Novos sóis e novos planetas: vida fora da Terra? O estudo demonstra que esses planetas sejam rochosos, havendo um equilíbrio para a existência de vida nesses planetas.
Primeira pomada contra picada de aranha
Ciência Há 1 mês
Primeira pomada contra picada de aranha Pesquisadores do Instituto Butatã (IB) anunciaram a produção de uma pomada capaz de salvar uma pessoa de uma picada de aranha-marrom (Loxosceles sp).
Aranha amamenta seus filhotes?
Curiosidades Há 1 mês
Aranha amamenta seus filhotes? Pesquisadores chineses afirmam que sim. Eles descobriram que uma espécie de aranha age de modo semelhante com seus filhotes.
Últimas postagens
1
Mileva, o braço direito de Einstein
2
Tartarugas marinhas são infiéis
3
Miopia: como ter uma visão melhor?
4
Ataques cardíacos no Natal e Ano Novo
5
Que palavras nos tornam humanos?
6
Farout: o planeta cor-de-rosa
7
Botas de fungos e suor
8
A formiga drácula: mandíbulas mais potentes do mundo
9
Natal: como não engordar nessa época?
10
Pelos: por que temos?
Parceiros
Publicidade