Novo implante barato é capaz de imunizar mulheres contra o HIV

Se der certo, este pode ser um grande avanço no controle da doença, mesmo em países mais pobres.

Novo implante barato é capaz de imunizar mulheres contra o HIV
Escrito por: Ms Redação 17 de abril de 2018 21h39 Comentários

Uma equipe de cientistas canadenses e quenianos desenvolveu um implante vaginal que poderia ajudar a prevenir a infecção pelo HIV em mulheres, suprimindo a capacidade de resposta das células imunes no trato genital feminino.

Um experimento resumido na última edição do Journal of Controlled Release mostrou que o dispositivo de polímero flexível induz com sucesso um estado prolongado de "imune quiescência" em coelhos ao liberar lentamente um medicamento anti-inflamatório chamado hidroxicloroquina. Se os testes subsequentes se mostrarem eficazes, a invenção simples e de baixo custo poderia ajudar a reduzir a disseminação do HIV entre as populações mais vulneráveis ??do mundo.

O HIV só pode se replicar no corpo humano depois de se ligar à superfície de um dos vários tipos de glóbulos brancos - ou linfócitos - cujo objetivo é detectar e destruir patógenos. Assim, embora possa parecer contra-intuitivo, inibir a reação do sistema imunológico contra partículas virais presentes no trato genital feminino interfere na capacidade do vírus de ganhar sua posição inicial no corpo.

O vírus tem uma afinidade particular por um tipo de linfócito chamado célula T. Quando as células T são ativadas, elas secretam moléculas inflamatórias que recrutam mais células T e outras células do sistema imunológico para se defender contra qualquer invasor que acionou o alarme. Quando as células T do corpo mostram baixos níveis de ativação, mas o sistema imunológico ainda está funcionando corretamente, diz-se que um está em estado de imune quiescência.

Dois dos pesquisadores do estudo, Emmanuel Ho e Keith Fowke, haviam estudado anteriormente um grupo de profissionais do sexo quenianas que apresentavam imunidade intrigante contra o HIV, apesar de terem relações sexuais com clientes HIV positivos. Ho e Fowke determinaram que essas mulheres eram protegidas por causa de suas células T naturalmente quiescentes.

"Observando isso, perguntamos a nós mesmos se era possível induzir farmacologicamente a quiescência imune com medicação que estava segura", disse Ho em um comunicado. "Ao colocar a medicação exatamente onde é necessário, esperamos aumentar as chances de induzir quiescência imune."

A hidroxicloroquina, um microbicida que foi inicialmente desenvolvido para tratar a malária, foi selecionada devido à sua capacidade recentemente descoberta de inibir um tipo de proteína da superfície celular necessária para a ativação das células T.

De acordo com Ho, a equipe ainda precisa determinar se o dispositivo é eficaz o suficiente para ser usado sozinho, ou se é mais adequado como um método de apoio - junto com práticas sexuais seguras e medicamentos anti-virais - para mulheres em alto risco de infecção. Quanto tempo cada implante pode durar também permanece desconhecido.

"Nosso objetivo é responder a essas perguntas com pesquisas futuras", disse Ho.

Após décadas de campanhas de saúde pública e divulgação clínica, as taxas de transmissão do HIV diminuíram nos países desenvolvidos nos últimos anos, mas a ameaça do HIV e da AIDS continua muito real em áreas de baixa renda. A África Oriental e Austral é responsável por aproximadamente 70% das infecções atuais pelo HIV no mundo e 43% do total global de novas infecções anuais.

Mulheres e meninas são desproporcionalmente afetadas pela epidemia devido à falta de acesso a medicamentos profiláticos e à incapacidade de se proteger contra a exposição de parceiros sexuais masculinos que fazem sexo com múltiplos outros parceiros sem proteção.

Você pode querer ver...
11 imagens que mostram o drama de esperar a namorada nas compras
Entretenimento Há 1 semana
11 imagens que mostram o drama de esperar a namorada nas compras Quem já foi em uma loja com a namorada ou com a mãe sabe bem como é.
Lembra do Knickers? Acharam um boi ainda maior do que ele
Entretenimento Há 1 semana
Lembra do Knickers? Acharam um boi ainda maior do que ele Agora é a era das vacas gigantes, aparentemente...
A história da mulher que é alérgica ao frio
Entretenimento Há 1 semana
A história da mulher que é alérgica ao frio E o pior de tudo, ela mora em um dos lugares mais frios do Canadá.
O piloto alemão que arriscou tudo para salvar inimigos na WWII
Entretenimento Há 1 semana
O piloto alemão que arriscou tudo para salvar inimigos na WWII Stigler, piloto de caça, escoltou um bombardeio inimigo de volta para a Inglaterra em segurança.
9 imagens que mostram um pouco as dificuldades da paternidade
Entretenimento Há 1 semana
9 imagens que mostram um pouco as dificuldades da paternidade Confira algumas fotos que mostram um pouco como é ser um pai ou uma mãe.
Mulher que médicos pensava estar grávida carrega cisto de 25kg
Entretenimento Há 1 semana
Mulher que médicos pensava estar grávida carrega cisto de 25kg Ela nunca notou que algo parecia estar errado, até começar a ter um tamanho maior do que qualquer um consideraria normal.
Últimas postagens
1
11 imagens que mostram o drama de esperar a namorada nas compras
2
Lembra do Knickers? Acharam um boi ainda maior do que ele
3
A história da mulher que é alérgica ao frio
4
O piloto alemão que arriscou tudo para salvar inimigos na WWII
5
9 imagens que mostram um pouco as dificuldades da paternidade
6
Mulher que médicos pensava estar grávida carrega cisto de 25kg
7
Empresa na China multa funcionários que não andam o suficiente
8
Time de futebol finge morte de jogador para adiar jogo
9
Você conhece a réplica em tamanho real da arca de Noé?
10
Descoberta nova bactéria na Estação Especial Internacional
Parceiros
Publicidade