Mulher tem a língua inseminada após comer lula crua

Os riscos de comer alimentos crús chegaram a novos níveis.

Mulher tem a língua inseminada após comer lula crua
Escrito por: Ms Redação 04 de junho de 2018 19h24 Comentários

Já te falaram que se você alguma semente de maçã, uma árvore começaria a crescer em seu estômago? Bem, aconteceu um caso médico parecido com isso, mas cem vezes pior.

Uma mulher de 63 anos na Coréia do Sul teve sua boca inseminada por espermatozoides de lula após ingerir frutos do mar mal cozidos, resultando em médicos descobrindo "12 saquinhos de esperma pequenos, brancos e em forma de insetos" embutidos em sua língua e gengivas. Eca!

Como documentado em uma edição de 2012 do Journal of Parasitology, os corpos estranhos foram identificados como espermatóforos de lula (cápsulas contendo espermatozoides) pertencentes a uma lula voadora japonesa (Todarodes pacificus). De forma tola, a mulher não removeu os órgãos internos da lula e só a preparou por alguns segundos antes de comê-la, o que significa que seus espermatóforos ainda estavam vivos e bem ativos.

"Assim que ela colocou um pedaço em sua boca, ela sentiu como muitos 'insetos' estavam mordendo sua mucosa oral", diz o estudo. “Ela experimentou uma forte dor aguda e cuspiu toda a porção sem engolir. Apesar disso, ela podia sentir muitos pequenos organismos esbranquiçados, semelhantes a insetos, penetrando em sua mucosa oral ”

Mesmo depois de terem sido removidos de sua boca, os pequenos espermatóforos ainda estavam se contorcendo ao redor.

Vale a pena ressaltar que essas coisas não são literalmente organismos ou “insetos”. Eles são espermatóforos, efetivamente um saco de espermatozoides usado por alguns poucos invertebrados (e alguns vertebrados) para fertilizar os óvulos da fêmea durante a reprodução. Então, eles não são realmente lulas bebês. No entanto, ainda é um caso muito estranho, pois os cientistas não sabem ao certo como os espermatóforos conseguiram se implantar na boca da mulher.

Em 2011, uma mulher de 21 anos de idade no Japão sofreu uma experiência semelhante depois de comer os órgãos sexuais de uma lula crua. Conforme documentado na Pathology International, ela também sentiu uma sensação de ardor.

“O quarto braço direito de um macho adulto de Todarodes pacificus serve como órgão genital do animal. Usando este braço, a lula pega a bolsa de esperma que sai de seu pênis e a pressiona contra o corpo de uma fêmea ”, explicaram os autores do estudo.

"O consumo de uma lula com sacos de esperma e um aparelho ejaculatório ativo pode levar à ejeção não intencional da bolsa de esperma e à lesão da mucosa oral."

Todo este processo é realmente autônomo, o que significa que o órgão sexual da lula é propenso a disparar sem qualquer decisão consciente da lula, de acordo com um estudo na revista Zoomorphology.

A moral da história é muito clara: não coma órgãos sexuais de lula. Comer alimentos mal cozidos, especialmente produtos de origem animal, sempre traz um risco.

Por último, não espere que sua lula frita engravide sua língua. A maioria das lulas que você encontra em um restaurante não inclui órgãos sexuais. Se incluírem, elas deve ter sido cozida o suficiente para matar qualquer espermatóforo.

Você pode querer ver...
Veja a 1ª imagem de um buraco negro da história, um verdadeiro 'monstro' maior que o Sistema Solar
Ciência Há 2 semanas
Veja a 1ª imagem de um buraco negro da história, um verdadeiro 'monstro' maior que o Sistema Solar Primeira imagem de um buraco negro é finalmente tirada e ele é considerado um verdadeiro ‘monstro’ pelos Astrônomos.
Imagens satisfatórias que você vai gostar
Entretenimento Há 1 mês
Imagens satisfatórias que você vai gostar Confira algumas das imagens satisfatórias que estão circulando na internet!
Natal: como não engordar nessa época?
Curiosidades Há 4 mêss
Natal: como não engordar nessa época? De acordo com uma pesquisa realizada por cientistas, se você prestar atenção em dicas simples sem exagerar nas bebidas e comidas o ganho de peso é muito menor no fim de ano.
Pelos: por que temos?
Ciência Há 4 mêss
Pelos: por que temos? Essa pergunta foi respondida, pelos menos parcialmente, por pesquisadores da Universidade da Pensilvânia que publicaram um estudo na revista científica Cell Reports.
Aplicativo promete detectar anemia sem agulhas
Curiosidades Há 4 mêss
Aplicativo promete detectar anemia sem agulhas De acordo com os autores, os resultados são animadores e que pretendem disponibilizar para download até o fim do primeiro semestre de 2019.
Novos sóis e novos planetas: vida fora da Terra?
Curiosidades Há 4 mêss
Novos sóis e novos planetas: vida fora da Terra? O estudo demonstra que esses planetas sejam rochosos, havendo um equilíbrio para a existência de vida nesses planetas.
Últimas postagens
1
Funcionalidades incríveis do Google Maps
2
Conheça as estrelas que são muito maiores que o Sol
3
Veja a 1ª imagem de um buraco negro da história, um verdadeiro 'monstro' maior que o Sistema Solar
4
Músicas felizes que na verdade são tristes
5
Coisas desnecessárias compradas por pessoas ricas
6
Imagens satisfatórias que você vai gostar
7
Coisas esquisitas que são ou foram proibidas em outros países
8
5 objetos nojentos que você nem imaginava
9
Conheça mais sobre o Massacre em Suzano
10
Confira como seriam alguns rappers famosos sem suas tatuagens
Parceiros
Publicidade