Funcionários na China usam "capacetes" que leem pensamentos

Lembra de 1984? Pois é, tentaram nos avisar sobre este tipo de coisa.

Funcionários na China usam
Escrito por: Ms Redação 07 de maio de 2018 14h24 Comentários

Na semana passada, surgiu a história de que empresas na China estão de olho em seus empregados usando capacetes de varredura cerebral.

Trabalhadores de fábricas, das áreas militares e transporte receberam capacetes com sensores internos do EEG como parte de um projeto patrocinado pelo governo para monitorar o estado emocional dos trabalhadores e aumentar a produtividade. Esses sensores monitoram a atividade elétrica no cérebro do usuário antes de enviar os dados para um algoritmo que interpreta esta informação e traduz para uma determinada emoção. A ideia é assustadora: seu chefe ou gerente sabe que você está deprimido, ansioso ou com raiva - e pode ajustar seu horário de trabalho de acordo com a sua emoção.

De acordo com um relatório do South Chine Morning Post (SCMP), pelo menos uma dúzia de empresas e fábricas na China já estão usando a tecnologia.

Uma dessas empresas é a State Grid Zhejiang Electric Power em Hangzhou, que (aparentemente) viu um aumento financeiro de cerca de 2 bilhões de yuans (Quase 1.2 bilhões de reais) desde a adoção da tecnologia em 2014. Cheng Jingzhou, o homem responsável pela supervisão do programa da State Grid Zhejiang Electric Power, disse ao SCMP: "Não há dúvidas sobre o seu efeito".

Mas isso realmente funciona? O relatório original é escaço em detalhes e provavelmente exagerado sobre a eficácia do sistema. De acordo com o MIT Technology Review, a resposta é "provavelmente não".

Na verdade, a tecnologia EEG não é tão avançada - pelo menos, ainda não está tão avançada. Para começar, o EEG não invasivo é "muito limitado" e teria dificuldade em detectar padrões cerebrais, quanto mais interpretá-los como emoções diferentes. Também pode ser confundido por sinais externos (por exemplo, um telefone móvel), que distorcem o resultado e produzem uma falsa leitura.

Isto significa que a questão real é de privacidade. As empresas deveriam monitorar o estado emocional de seus funcionários? Além das leituras falsas, produzidas por uma tecnologia que não é perfeita, o sistema é aberto a abusos pelos empregadores com intenções menos benignas.

Qiao Zhian, professor de psicologia gerencial na Universidade Normal de Pequim, faz comparações com a "polícia do pensamento" do Big Brother em 1984.

"Não há lei ou regulamento para limitar o uso deste tipo de equipamento na China", disse ele. "O empregador pode ter um forte incentivo para usar a tecnologia para obter maior lucro, e os funcionários geralmente estão em posição muito fraca para dizer não."

No entanto, o problema já pode ser bem maior e mais avançado do que parece. Empresas na China e em outros lugares já estão usando dispositivos portáteis como Fitbits, Nike+ FuelBands e Jawbone UPs para medir a saúde e a produtividade de seus funcionários.

Você pode querer ver...
Pessoas estão ficando ricas vendendo fraldas para galinhas
Entretenimento Há 19 horas
Pessoas estão ficando ricas vendendo fraldas para galinhas É, pois é...aparentemente tem dinheiro sobrando no mundo.
Homem briga com mulher e atinge própria casa com um avião
Entretenimento Há 1 dia
Homem briga com mulher e atinge própria casa com um avião Tentar jogar o carro contra a casa da ex está ficando fora de moda para algumas pessoas...
Sonda da NASA encontra
Ciência Há 1 dia
Sonda da NASA encontra "parede" no fim do sistema solar Será que essa parede serve para manter alguma coisa para fora? Provavelmente não, já que é apensa de luz, mas é interessante.
13 imagens que provam que as coisas são maiores do que parecem
Entretenimento Há 1 dia
13 imagens que provam que as coisas são maiores do que parecem Confira algumas imagens que vão mudar o jeito que você observa o mundo ao seu redor.
Sem educação: Arara manda bombeiro se f-- durante resgate
Entretenimento Há 2 dias
Sem educação: Arara manda bombeiro se f-- durante resgate Na verdade ela não estava em perigo, apenas bem pistola
Homem finge que morreu para fazer mulher parar de pedir dinheiro
Entretenimento Há 3 dias
Homem finge que morreu para fazer mulher parar de pedir dinheiro Galera, existem jeito mais fácil de lidar com esse problema...
Últimas postagens
1
Pessoas estão ficando ricas vendendo fraldas para galinhas
2
7 Invenções que podem salvar a sua vida
3
Homem briga com mulher e atinge própria casa com um avião
4
Sonda da NASA encontra "parede" no fim do sistema solar
5
Casa milagrosa de Sydney derrama óleo pelas paredes e cura fiéis
6
13 imagens que provam que as coisas são maiores do que parecem
7
Sem educação: Arara manda bombeiro se f-- durante resgate
8
24 imagens que provam que a natureza é assustadora
9
Homem finge que morreu para fazer mulher parar de pedir dinheiro
10
17 pessoas que resolveram seus problemas com muita criatividade
Parceiros
Publicidade