Estudo sobre os dentes de Hitler dizem a verdade sobre sua morte

Existem muitas teorias e histórias sobre o verdadeiro fim do supremo chanceler do 3º Reich.

Estudo sobre os dentes de Hitler dizem a verdade sobre sua morte
Escrito por: Ms Redação 21 de maio de 2018 15h14 Comentários

As histórias dos últimos dias da Alemanha nazista estão repletas de mitologia e teorias da conspiração. Uma das teorias mais prevalentes é que Adolf Hitler na verdade não morreu em 1945, ele escapou de Berlim e começou uma nova vida na América do Sul, na Antártida, ou talvez no lado escuro da Lua.

Agora, os cientistas acabaram com alguns desses mitos estranhos, realizando uma análise biomédica de seus dentes. Conforme relatado no Jornal Europeu de Medicina Interna, as descobertas sugerem fortemente que Hitler morreu em seu bunker em 1945. Também está claro que ele deveria ter escovado os dentes mais.

“Os dentes são autênticos, não há dúvida disso. Nosso estudo prova que Hitler morreu em 1945 ”, disse o professor Philippe Charlier à agência de notícias AFP. “Podemos parar todas as teorias da conspiração sobre Hitler. Ele não fugiu para a Argentina em um submarino, ele não está em uma base escondida na Antártica ou no lado escuro da lua ”, acrescentou.

Como você pode imaginar, colocar as mãos nos restos mortais de Hitler foi um grande feito por si só. Nenhuma versão definitiva da história existe, mas a maioria dos historiadores argumenta que Hitler se matou ao lado de sua parceira Eva Braun em 30 de abril de 1945, e seus corpos foram cremados, de acordo com seus desejos finais.

Dias depois, os soviéticos tomaram Berlim e a agência de inteligência do Exército Vermelho encontrou os restos carbonizados de Hitler perto de seu bunker. É comum a história de que eles despejaram gasolina sobre os restos mortais e os queimaram ainda mais. A maioria dos restos mortais foi obliterada pelo fogo, no entanto, uma pequena parte da mandíbula superior e alguns dentes foram obtidos e permaneceram na posse do serviço de inteligência russo.

Pela primeira vez, cientistas internacionais puderam estudá-los. Ao comparar os restos mortais a relatórios de autópsias soviéticas, radiografias oficiais dos arquivos dos EUA, registros odontológicos e dados históricos, a equipe está convencida de que os dentes são autênticos.

Também é muito evidente que Hitler tinha alguns dentes realmente terríveis. Apesar de ter apenas 56 anos de idade, ele só tinha quatro dentes originais e vários dentes metálicos falsos. Os poucos dentes restantes mostraram sinais sérios de doença de desgaste e gengiva.

Algumas dessas próteses metálicas também pareciam estar cobertas de minúsculos depósitos azuis, o que, segundo os pesquisadores, poderia sugerir uma "reação química entre o envenenamento por cianeto e a liga metálica". Eles também não encontraram nenhuma evidência de ferimento por arma de fogo ou pólvora. Mesmo que isso sugira que o envenenamento por cianeto é mais provável que um revólver, os pesquisadores hesitam em tirar conclusões precipitadas.

“Não sabíamos se ele usara uma ampola de cianureto para se matar ou se era uma bala na cabeça. Provavelmente foi ambos ”, acrescentou Charlier.

 

Você pode querer ver...
Chineses pretendem lançar lua artificial para iluminar as ruas
Entretenimento Há 1 dia
Chineses pretendem lançar lua artificial para iluminar as ruas A ideia é criar um ponto turístico, assim como diminuir o gasto com postes de luz.
O aquecimento global poderá causar a falta da cerveja
Entretenimento Há 2 dias
O aquecimento global poderá causar a falta da cerveja É, parece que agora a coisa ficou séria...
Cientistas descobriram a chave para o sucesso acadêmico
Ciência Há 3 dias
Cientistas descobriram a chave para o sucesso acadêmico Acredite, não é uma surpresa...
Dynamoterror, o parente do T.rex recém descoberto
Ciência Há 1 semana
Dynamoterror, o parente do T.rex recém descoberto Conheça mais sobre o dinossauro que tem o nome mais legal de todos os tempos.
Descoberto esqueleto de garota enterrada
Curiosidades Há 1 semana
Descoberto esqueleto de garota enterrada "como vampira" no sec. 5 Era comum que antigamente os corpos fossem enterrados de forma estanha para evitar que as doenças saíssem de seu túmulo.
Pesquisa indica que vacina da tuberculose pode reverter diabetes
Ciência Há 1 semana
Pesquisa indica que vacina da tuberculose pode reverter diabetes A vacina, inventada a quase 100 anos, contém uma versão enfraquecida de um vírus capaz de melhorar o consumo do açúcar no sangue.
Últimas postagens
1
Mulher faz incriveis fantasias de crochê para os filhos
2
Inaugurada no Vietnam cafeteria inundada com peixes vivos
3
Angulas - A comida caríssima que não tem gosto
4
Confira o trailer do Spotify que foi banido por ser assustador
5
Cubra os ouvidos: Homem bate recorde de nota musical mais alta
6
Chineses pretendem lançar lua artificial para iluminar as ruas
7
O aquecimento global poderá causar a falta da cerveja
8
Templo milenar esculpido em uma única rocha faz viraliza
9
O site que cobra 99 cents para você ver quem pagou também
10
Homem se enterra vivo na Índia para virar um deus
Parceiros
Publicidade