Estudo mostra que em seis anos 259 pessoas morreram de selfie

Os pesquisadores ainda acreditam que podem ter acontecido muito mais mortes que não foram divulgadas.

Estudo mostra que em seis anos  259 pessoas morreram de selfie
Escrito por: Ms Redação 11 de outubro de 2018 23h48 Comentários

Uma equipe de pesquisadores do Instituto de Ciências Médicas de Toda a Índia analisou os relatos de mortes de selfie entre outubro de 2011 e novembro de 2017 e descobriu que 259 pessoas no mundo morreram enquanto tiravam uma selfie.

O relatório define as mortes de selfies, ou "selficides", como "qualquer morte acidental que ocorra enquanto se faz auto-fotografia ou clica uma selfies".

As descobertas do estudo revelam um padrão de crescimento surpreendente. 2011 teve três mortes relacionadas a selfie e duas em 2013, mas assim como sites de mídia social como Instagram e Snapchat cresceram em popularidade, o mesmo aconteceu com as mortes por selfie. 98 pessoas em 2016 e 93 em 2017 foram mortas em casos de “selficide”.

Foto capturada minutos antes do homem ser atingido e morrer

O maior número de mortes relacionadas à selfie no período de seis anos ocorreu na Índia. O país foi responsável por quase 50% de todas as mortes. Rússia, Estados Unidos e Paquistão completaram os quatro primeiros e o estudo diz que a maioria das mortes aconteceu com pessoas com menos de 30 anos.

“Normalmente, os jovens e turistas são freqüentemente afetados por causa do desejo de 'ser legal', postar fotos em mídias sociais e receber recompensas em formas de curtidas e comentários”, relataram os pesquisadores. “As próprias selfies não são prejudiciais, mas o comportamento humano que acompanha selfies é perigoso.”

Os homens representaram 72,5% das mortes por selfie. Enquanto as mulheres tiram mais fotos, o estudo postula que os homens são mais propensos a se colocar em risco enquanto tentam tirar as fotos.

A principal causa de morte relacionada a selfie foi o afogamento, que foi responsável por 70 das 259 mortes. O relatório definiu incidentes de afogamento como situações como ser arrastado por ondas na praia, tirar selfies sem saber nadar, barcos que viram durante selfies e ignorar as advertências de segurança sobre a água.

A causa número dois da morte foi incidentes de "transporte", como correr na frente de um trem ou parar nos trilhos do trem, o que matou 51 pessoas. Mortes por fogo e por queda empataram em terceiro com 48 mortes cada.

Outras causas de morte no estudo foram eletrocussão, animais e armas de fogo. Os Estados Unidos ficaram em primeiro lugar em mortes por selfie relacionadas a armas de fogo. A maioria aconteceram quando a pessoa atirou nela mesma enquanto tirava uma selfie.

Infelizmente, os pesquisadores acham que esses números podem estar subnotificados e que possivelmente houve mais mortes relacionadas a selfie do que as listadas no estudo.

Isso porque o estudo foi baseado em notícias. Os pesquisadores, então, acreditam que pode haver muitas mortes por selfie em países em desenvolvimento e em outros lugares que não foram contabilizados porque eles nunca chegaram às notícias locais.

Além disso, no que diz respeito a selficides relacionados ao “transporte”, as autoridades relatam oficialmente o incidente como um acidente de trânsito fatal e não um selficide.

Talvez a nossa curiosidade mórbida por essas mortes acidentais relacionadas à selfie possa servir como um alerta para o pessoal que vive de celular na mão.

 

 

Você pode querer ver...
Natal: como não engordar nessa época?
Curiosidades Há 3 mêss
Natal: como não engordar nessa época? De acordo com uma pesquisa realizada por cientistas, se você prestar atenção em dicas simples sem exagerar nas bebidas e comidas o ganho de peso é muito menor no fim de ano.
Pelos: por que temos?
Ciência Há 3 mêss
Pelos: por que temos? Essa pergunta foi respondida, pelos menos parcialmente, por pesquisadores da Universidade da Pensilvânia que publicaram um estudo na revista científica Cell Reports.
Aplicativo promete detectar anemia sem agulhas
Curiosidades Há 3 mêss
Aplicativo promete detectar anemia sem agulhas De acordo com os autores, os resultados são animadores e que pretendem disponibilizar para download até o fim do primeiro semestre de 2019.
Novos sóis e novos planetas: vida fora da Terra?
Curiosidades Há 3 mêss
Novos sóis e novos planetas: vida fora da Terra? O estudo demonstra que esses planetas sejam rochosos, havendo um equilíbrio para a existência de vida nesses planetas.
Primeira pomada contra picada de aranha
Ciência Há 3 mêss
Primeira pomada contra picada de aranha Pesquisadores do Instituto Butatã (IB) anunciaram a produção de uma pomada capaz de salvar uma pessoa de uma picada de aranha-marrom (Loxosceles sp).
Aranha amamenta seus filhotes?
Curiosidades Há 3 mêss
Aranha amamenta seus filhotes? Pesquisadores chineses afirmam que sim. Eles descobriram que uma espécie de aranha age de modo semelhante com seus filhotes.
Últimas postagens
1
Coisas esquisitas que são ou foram proibidas em outros países
2
5 objetos nojentos que você nem imaginava
3
Conheça mais sobre o Massacre em Suzano
4
Confira como seriam alguns rappers famosos sem suas tatuagens
5
Canais bizarros no Youtube
6
A mulher que se casou com uma boneca zumbi
7
5 mortes bizarras durante o sexo
8
5 coisas proibidas na Coreia do Norte
9
As 5 profissões mais bem remuneradas da Angola
10
5 imagens que vão 'bugar' seu cérebro!
Parceiros
Publicidade