Este pode ser motivo do fim dos testes nucleares na Coréia

Muito além de diplomacia, os testes nucleares podem ter causado grandes danos para a nação.

Este pode ser motivo do fim dos testes nucleares na Coréia
Escrito por: Ms Redação 27 de abril de 2018 16h53 Comentários

A montanha acima do principal local de testes nucleares da Coréia do Norte, Punggye-ri, provavelmente entrou em colapso após um teste nuclear no outono passado, provocando preocupações sobre a precipitação radioativa e catástrofes ambientais, segundo geólogos da Universidade de Ciência e Tecnologia da China.

O estudo surgiu menos de uma semana depois que o líder da Coréia do Norte, Kim Jong-un, anunciou que a nação suspenderia imediatamente testes nucleares e de mísseis antes de realizar reuniões com os Estados Unidos e a Coréia do Sul, sugerindo uma razão alternativa para o fechamento dos testes.

"O colapso do local exige um monitoramento próximo e contínuo dos materiais radioativos de testes nucleares", escreveram os geólogos em um estudo que será publicado na próxima edição da Geophysical Research Letters.

Explosões nucleares liberam enormes quantidades de calor e energia. Depois de um teste com uma bomba nuclear em 3 de setembro do ano passado, os pesquisadores dizem que a "explosão criou uma cavidade e uma 'chaminé' danificada de pedras" perto do Monte Mantap que poderia estar vazando radioatividade. Estimado em 100 quilotons, a explosão foi o sexto teste 10 vezes mais forte do que qualquer um dos cinco anteriores. Para comparação, a bomba que foi detonada sobre Hiroshima em 1945 era de 15 quilotons. Cerca de 8,5 minutos após a explosão, um terremoto de magnitude 6,3 foi registrado com quatro terremotos subsequentes gerados nas semanas seguintes.

Ao coletar dados sísmicos de alta qualidade e examinar imagens de satélite antes e depois dos testes, os cientistas foram capazes de determinar onde estes enxames de terremoto ocorreram e que de fato foram causados pelos testes. Testes anteriores alteraram a capacidade da área de suportar o estresse tectônico, na medida em que falhas tectônicas anteriormente inativas atingiram um estado de “falha crítica”. Outras perturbações e futuros testes nucleares na região poderiam gerar terremotos mais destrutivos.

"Dada a história dos testes nucleares que a Coréia do Norte realizou sob esta montanha, um teste nuclear de rendimento similar produziria colapsos em uma escala ainda maior, criando uma catástrofe ambiental", diz o documento.

As descobertas confirmam um estudo publicado no mês passado que encontrou resultados semelhantes, sugerindo que os eventos tectônicos foram de fato feitos pelo homem e não o resultado da atividade tectônica natural. O jornal descreveu o tremor como provavelmente uma "destruição rápida de uma chaminé de rocha rachada gerada pela explosão devido ao colapso da cavidade".

Nenhum material radioativo foi coletado ao longo da fronteira entre a Coréia do Norte e a China, mas as autoridades chinesas temem que a poeira radioativa possa estar vazando através de rachaduras e buracos na montanha danificada.

Você pode querer ver...
Natal: como não engordar nessa época?
Curiosidades Há 1 mês
Natal: como não engordar nessa época? De acordo com uma pesquisa realizada por cientistas, se você prestar atenção em dicas simples sem exagerar nas bebidas e comidas o ganho de peso é muito menor no fim de ano.
Pelos: por que temos?
Ciência Há 1 mês
Pelos: por que temos? Essa pergunta foi respondida, pelos menos parcialmente, por pesquisadores da Universidade da Pensilvânia que publicaram um estudo na revista científica Cell Reports.
Aplicativo promete detectar anemia sem agulhas
Curiosidades Há 1 mês
Aplicativo promete detectar anemia sem agulhas De acordo com os autores, os resultados são animadores e que pretendem disponibilizar para download até o fim do primeiro semestre de 2019.
Novos sóis e novos planetas: vida fora da Terra?
Curiosidades Há 1 mês
Novos sóis e novos planetas: vida fora da Terra? O estudo demonstra que esses planetas sejam rochosos, havendo um equilíbrio para a existência de vida nesses planetas.
Primeira pomada contra picada de aranha
Ciência Há 1 mês
Primeira pomada contra picada de aranha Pesquisadores do Instituto Butatã (IB) anunciaram a produção de uma pomada capaz de salvar uma pessoa de uma picada de aranha-marrom (Loxosceles sp).
Aranha amamenta seus filhotes?
Curiosidades Há 1 mês
Aranha amamenta seus filhotes? Pesquisadores chineses afirmam que sim. Eles descobriram que uma espécie de aranha age de modo semelhante com seus filhotes.
Últimas postagens
1
Mileva, o braço direito de Einstein
2
Tartarugas marinhas são infiéis
3
Miopia: como ter uma visão melhor?
4
Ataques cardíacos no Natal e Ano Novo
5
Que palavras nos tornam humanos?
6
Farout: o planeta cor-de-rosa
7
Botas de fungos e suor
8
A formiga drácula: mandíbulas mais potentes do mundo
9
Natal: como não engordar nessa época?
10
Pelos: por que temos?
Parceiros
Publicidade