Descoberta faz do chá uma arma contra o câncer de pulmão

Apesar de não ser uma cura definitiva, estas são notícias incríveis para a busca da cura do câncer.

Descoberta faz do chá uma arma contra o câncer de pulmão
Escrito por: Ms Redação 25 de maio de 2018 21h18 Comentários

Cientistas da Índia e da Universidade de Swansea, no Reino Unido, descobriram recentemente que as nanopartículas derivadas das folhas do chá podem inibir e destruir as células cancerígenas do pulmão.

Embora ainda muito cedo, a descoberta - assim como muitas das melhores descobertas científicas - foi feita por acaso.

A descoberta se resume a coisas estranhas, mas maravilhosas, conhecidas como pontos quânticos, um tipo de nanopartícula que tem apenas 4.000 décimos de espessura de um fio de cabelo humano. Eles são tão inimaginavelmente pequenos que foram capazes de penetrar nos nanoporos das células cancerosas e explodi-las com um efeito citotóxico, matando assim até 80% delas.

O uso de nanopartículas já está sendo explorado em vários campos diferentes. Por exemplo, as empresas também estão usando tecnologia de pontos quânticos para fornecer qualidade de cor aprimorada para televisores e telas de exibição e painéis solares mais eficientes. Eles também são úteis para a obtenção de imagens de tumores porque sua estrutura variável lhes confere propriedades fluorescentes únicas se forem atingidas pela luz. No entanto, o processo de fazê-los quimicamente é complicado, caro e pode ter efeitos colaterais tóxicos.

Assim, a equipe se propôs a criar um método mais simples de produzir nanopartículas não-tóxicas, conforme detalhado na revista ACS Applied Nano Materials. Eles fizeram isso usando um extrato de folhas de chá de Camellia sinensis com dois outros produtos químicos. Quando se tratava de ver se eles eram bons em bioimagiologia de células cancerosas, os pesquisadores notaram algo surpreendente: os pontos quânticos pareciam estar matando as células cancerígenas.

"Nossa pesquisa confirmou evidências anteriores de que o extrato de folhas de chá pode ser uma alternativa não tóxica para fazer pontos quânticos usando produtos químicos", explicou o pesquisador-chefe do projeto, Sudhagar Pitchaimuthu, em um comunicado.

“A verdadeira surpresa, no entanto, foi que os pontos inibiram ativamente o crescimento das células do câncer de pulmão. Nós não esperávamos isso.

Deve ser enfatizado que isso não significa que beber chá irá prevenir ou curar o câncer de pulmão. Como você esperançosamente percebeu, é muito mais complicado do que isso. Também é extremamente cedo para a pesquisa. O Dr. Pitchaimuthu disse à BBC News que eles imaginam que pode haver testes em seres humanos em dois anos e, estando tudo bem, talvez um tratamento viável em uma década.

No entanto, esta pesquisa mostra que os pontos quânticos poderiam ter alguma promessa real no campo da pesquisa do câncer e além.

“O próximo passo é ampliar nossa operação, esperamos que com a ajuda de outros colaboradores”, acrescentou o Dr. Pitchaimuthu. "Queremos investigar o papel do extrato de folhas de chá na imagem das células cancerígenas e a interface entre os pontos quânticos e a célula cancerosa".

"Gostaríamos de criar uma 'fábrica de pontos quânticos', que nos permitirá explorar mais detalhadamente as maneiras pelas quais eles podem ser usados."

Você pode querer ver...
Veja a 1ª imagem de um buraco negro da história, um verdadeiro 'monstro' maior que o Sistema Solar
Ciência Há 2 semanas
Veja a 1ª imagem de um buraco negro da história, um verdadeiro 'monstro' maior que o Sistema Solar Primeira imagem de um buraco negro é finalmente tirada e ele é considerado um verdadeiro ‘monstro’ pelos Astrônomos.
Imagens satisfatórias que você vai gostar
Entretenimento Há 1 mês
Imagens satisfatórias que você vai gostar Confira algumas das imagens satisfatórias que estão circulando na internet!
Natal: como não engordar nessa época?
Curiosidades Há 4 mêss
Natal: como não engordar nessa época? De acordo com uma pesquisa realizada por cientistas, se você prestar atenção em dicas simples sem exagerar nas bebidas e comidas o ganho de peso é muito menor no fim de ano.
Pelos: por que temos?
Ciência Há 4 mêss
Pelos: por que temos? Essa pergunta foi respondida, pelos menos parcialmente, por pesquisadores da Universidade da Pensilvânia que publicaram um estudo na revista científica Cell Reports.
Aplicativo promete detectar anemia sem agulhas
Curiosidades Há 4 mêss
Aplicativo promete detectar anemia sem agulhas De acordo com os autores, os resultados são animadores e que pretendem disponibilizar para download até o fim do primeiro semestre de 2019.
Novos sóis e novos planetas: vida fora da Terra?
Curiosidades Há 4 mêss
Novos sóis e novos planetas: vida fora da Terra? O estudo demonstra que esses planetas sejam rochosos, havendo um equilíbrio para a existência de vida nesses planetas.
Últimas postagens
1
Funcionalidades incríveis do Google Maps
2
Conheça as estrelas que são muito maiores que o Sol
3
Veja a 1ª imagem de um buraco negro da história, um verdadeiro 'monstro' maior que o Sistema Solar
4
Músicas felizes que na verdade são tristes
5
Coisas desnecessárias compradas por pessoas ricas
6
Imagens satisfatórias que você vai gostar
7
Coisas esquisitas que são ou foram proibidas em outros países
8
5 objetos nojentos que você nem imaginava
9
Conheça mais sobre o Massacre em Suzano
10
Confira como seriam alguns rappers famosos sem suas tatuagens
Parceiros
Publicidade