Conheça Kesha, a única gata que pode viver em Svalbard

A ilha proibiu todos os gatos, menos uma. Além disso é proibido morrer em Svalbard.

Conheça Kesha, a única gata que pode viver em Svalbard
Escrito por: Ms Redação 09 de outubro de 2018 17h29 Comentários

O arquipélago norueguês de Svalbard é mais conhecido como um dos poucos lugares na Terra onde as pessoas são proibidas de morrer, mas poucos sabem que este lugar também tem uma proibição de gatos, com uma exceção, um felino ronronante que é tecnicamente uma raposa.

Gatos nem sempre eram proibidos em Svalbard. Foi somente durante a década de 1990 que as autoridades norueguesas impuseram a proibição, depois que foi decidido que os animais eram suscetíveis a infecções por raiva e equinococose (um tipo de parasita) de raposas e ratos, o que por sua vez representava um grande risco para a população humana.

Curiosamente, os ratos não são nativos do arquipélago do norte, chegando apenas aqui há relativamente pouco tempo a bordo de navios de carga, mas sendo criaturas engenhosas, eles rapidamente se adaptaram às condições adversas. Fotos tiradas antes da proibição de gatos mostram que os felinos já foram populares em Spitsbergen e nas outras ilhas que compõem Svalbard, mas desde então, apenas um gato ruivo foi fotografado no arquipélago. Seu nome é Kesha e ela tem uma história bastante interessante.

Kesha mora em Barentsburg, uma cidade russa na ilha de Spitsbergen. Em seu auge, durante a época da União Soviética, Barentsburg era uma próspera cidade mineira com uma população de mais de mil habitantes, mas atualmente poucas centenas de pessoas ainda moram aqui e o lugar parece deserto.

Enquanto todo o território de Svalbard está sob a autoridade norueguesa, o tratado de Svalbard de 1920 permitiu que os países signatários estabelecessem operações de mineração no arquipélago, que é como assentamentos como Barentsburg vieram a existir.

Ninguém sabe exatamente quando Kesha chegou a Barentsburg, apenas que ela foi trazida por russos e registrada como uma raposa, a fim de contornar a proibição de gatos. Além do grosso pelo ruivo, Kesha nem se parece com uma raposa, mas as autoridades norueguesas nunca questionaram sua espécie oficial, e ela foi autorizada a viver em Svalbard.

De acordo com Big Picture, ela tem um amigo humano que a recebe em seu apartamento em noites particularmente frias e gosta de cuidar dela, mas na maior parte, Keshe ama sua liberdade.

Svalbard é um lugar difícil de viver, mesmo para um gato. O casaco grosso de Kesha a ajuda a resistir ao frio, mas as cicatrizes no rosto e no corpo indicam que ela também lutou contra a fauna local. Ela sobreviveu a eles e, até onde sabemos, ela ainda mantém o título não oficial do único gato em Svalbard.

A proibição dos gatos não é a única coisa estranha no local, também existe uma proibição de morte de Svalbard. As pessoas que estão para morrer são levadas para o continente, e mesmo aqueles que violam a lei e perdem a vida aqui são levados para o continente para serem enterrados. Isso porque o frio congela completamente o corpo e impede que se decomponham. Isso aumenta bastante o risco de atrair predadores famintos para desenterrar o corpo.

 

Você pode querer ver...
Conheça as estrelas que são muito maiores que o Sol
Curiosidades Há 1 semana
Conheça as estrelas que são muito maiores que o Sol O Sol é realmente grande né? Mas você sabia que existem estrelas muito maiores espalhadas pelo Universo? Confira agora!
Músicas felizes que na verdade são tristes
Curiosidades Há 2 semanas
Músicas felizes que na verdade são tristes Confira algumas músicas que você achava que eram felizes, mas que na verdade tem a letra bem triste.
Coisas desnecessárias compradas por pessoas ricas
Curiosidades Há 3 semanas
Coisas desnecessárias compradas por pessoas ricas Confira as coisas mais desnecessárias que foram compradas por pessoas que são extremamente ricas.
Imagens satisfatórias que você vai gostar
Entretenimento Há 4 semanas
Imagens satisfatórias que você vai gostar Confira algumas das imagens satisfatórias que estão circulando na internet!
Coisas esquisitas que são ou foram proibidas em outros países
Curiosidades Há 1 mês
Coisas esquisitas que são ou foram proibidas em outros países Conheça algumas das proibições mais loucas que existem ou já existiram ao redor do mundo.
5 objetos nojentos que você nem imaginava
Curiosidades Há 1 mês
5 objetos nojentos que você nem imaginava Conheça 5 objetos que são tão nojentos quanto um vaso sanitário e você nem sabia.
Últimas postagens
1
Conheça as estrelas que são muito maiores que o Sol
2
Veja a 1ª imagem de um buraco negro da história, um verdadeiro 'monstro' maior que o Sistema Solar
3
Músicas felizes que na verdade são tristes
4
Coisas desnecessárias compradas por pessoas ricas
5
Imagens satisfatórias que você vai gostar
6
Coisas esquisitas que são ou foram proibidas em outros países
7
5 objetos nojentos que você nem imaginava
8
Conheça mais sobre o Massacre em Suzano
9
Confira como seriam alguns rappers famosos sem suas tatuagens
10
Canais bizarros no Youtube
Parceiros
Publicidade