Cobra de estimação de duas cabeças faz sucesso nos EUA

Gumbo e Filo são duas cobrinhas simpáticas e que estão ajudando a melhorar a visão que algumas pessoas tem sobre as cobras.

Cobra de estimação de duas cabeças faz sucesso nos EUA
Escrito por: Ms Redação 05 de junho de 2018 23h41 Comentários

Uma cobra de duas cabeças é provavelmente o animal mais estranho que alguém pode ter. Porém, ela existe e está fazendo um certo bem para a vida selvagem.

Conheça Gumbo e Filo, duas cabeças em um único corpo de uma cobra. Os gêmeos pertencem a Tanee Janusz, da Lousiana, EUA, que é presidente do Programa Naturalista local.

Quem ofereceu a cobra à Janusz foi um amigo, também participante do programa, que a encontrou rastejando em seu quintal. Ela não pensou duas vezes antes de aceitar o novo pet e os chamou de Gumbo e Filo, uma homenagem a cidade natal da mulher.

As cobras até podem dividir a calda, mas segundo informações elas possuem personalidades distintas e que de vez em quanto até brigam para controlar a direção em que o corpo está se locomovendo. Ambas as cobras são brigonas, mas Gumbo é a cabeça dominante.

Apesar de ter apenas um sistema digestivo e reprodutivo, Januzs disse que cuidar das cobrinhas não é tão diferente de cuidar de qualquer cobra normal.

“A única diferença é ter que sempre verificar se a vasilha de água não está tão profunda, já que a cabeça dominante pode afundar a outra dentro da água”, disse a dona das cobras.

Ela acredita que as cobras tinham apenas um ou dois dias de idade quando ela as aceitou de presente. Ela acredita que elas tinham essa idade porque o “dente de ovo” de uma das cobras ainda estava intacto. (O dente de ovo é uma parte pontuda do nariz que as cobras usam para quebrar a casca do ovo).

Apesar de raras, a deformidade de duas cabeças não é algo completamente novo. É uma condição chamada policefalia, que acontece uma vez em cada 10 mil cobras nascidas. Como no caso de Gumbo e Filo, um ovo é fertilizado e não se separa completamente. Esta é uma condição bem comum nas cobras e répteis, mas também pode afetar qualquer vertebrado.

Jasnuz acredita que apesar da condição, Gumbo e Filo vão viver o tempo normal de vida de uma cobra (cerca de 25 anos, quando em cativeiro).

A dupla nada comum agora estão ficando conhecidas na comunidade local. A dona leva as duas para escolas e bibliotecas para encorar pessoas a buscar mais conhecimento sobre a importância dos animais selvagens.

Gumbo e Filo são bem famosas.

“Na minha comunidade eles costuma dizer que cobra boa é cobra morta. A melhor coisa sobre as visitas é ver as pessoas olharem para as cobras. A excepcionalidade delas faz com que as pessoas abaixem a guarda um pouco e se sintam mais confortáveis em conversar sobre os animais.”

Você pode querer ver...
Natal: como não engordar nessa época?
Curiosidades Há 2 mêss
Natal: como não engordar nessa época? De acordo com uma pesquisa realizada por cientistas, se você prestar atenção em dicas simples sem exagerar nas bebidas e comidas o ganho de peso é muito menor no fim de ano.
Pelos: por que temos?
Ciência Há 2 mêss
Pelos: por que temos? Essa pergunta foi respondida, pelos menos parcialmente, por pesquisadores da Universidade da Pensilvânia que publicaram um estudo na revista científica Cell Reports.
Aplicativo promete detectar anemia sem agulhas
Curiosidades Há 2 mêss
Aplicativo promete detectar anemia sem agulhas De acordo com os autores, os resultados são animadores e que pretendem disponibilizar para download até o fim do primeiro semestre de 2019.
Novos sóis e novos planetas: vida fora da Terra?
Curiosidades Há 2 mêss
Novos sóis e novos planetas: vida fora da Terra? O estudo demonstra que esses planetas sejam rochosos, havendo um equilíbrio para a existência de vida nesses planetas.
Primeira pomada contra picada de aranha
Ciência Há 2 mêss
Primeira pomada contra picada de aranha Pesquisadores do Instituto Butatã (IB) anunciaram a produção de uma pomada capaz de salvar uma pessoa de uma picada de aranha-marrom (Loxosceles sp).
Aranha amamenta seus filhotes?
Curiosidades Há 2 mêss
Aranha amamenta seus filhotes? Pesquisadores chineses afirmam que sim. Eles descobriram que uma espécie de aranha age de modo semelhante com seus filhotes.
Últimas postagens
1
5 mortes bizarras durante o sexo
2
5 coisas proibidas na Coreia do Norte
3
As 5 profissões mais bem remuneradas da Angola
4
5 imagens que vão 'bugar' seu cérebro!
5
Animais que são parecidos com dragões
6
Piores insetos do mundo
7
Melhores posições para dormir
8
Casamento entre homem e holograma
9
Charles Darwin economista
10
Anfíbio: 'homenagem' a Donald Trump
Parceiros
Publicidade