Câncer de mama e Pombas: o que uma coisa tem a ver com a outra?

Você acha que pombas são nojentas e apenas trazem prejuízos para as grandes cidades? Se a resposta é sim, saiba o porque você está errado!

Câncer de mama e Pombas: o que uma coisa tem a ver com a outra?
Foto: Rinaldo R.
Escrito por: Ms Redação 09 de setembro de 2018 09h20 Comentários

Você acha que pombas são nojentas e apenas trazem prejuízos para as grandes cidades? Se a resposta é sim, acho melhor você repensar os pontos negativos sobre esse animal.

Essas pombas são consideradas animais sinantrópicos (vivem ou utilizam o ambiente urbano em alguma parte da sua vida). Por isso, estão sempre perto de nós, seres humanos. Outra característica dessas pombas é que elas são exóticas e invasoras dentro do Brasil. Ou seja, elas vieram da Europa dentro das grandes navegações colonizadoras, encontraram um ambiente favorável para se reproduzir e aqui se estabeleceram até hoje.

Indivíduo de Columbia livia (Pomba-Comum). Foto: Rinaldo R.

Muitas pessoas repudiam essas pombas, mas o Patologista Richard Leveson da Universidade da Califórnia deu maior atenção para essas aves e descobriu algo interessante: as pombas da espécie Columbia livia Gmelin, 1789 (a Pomba-Comum) teriam capacidade de identificar diferentes tecidos cancerosos em mamografias e imagens digitalizadas. O estudo foi publicado na revista Plos One e os resultados mostraram que as pombas acertaram 99% dos casos.

Link do estudo: http://journals.plos.org/plosone/article/related?id=10.1371/journal.pone.0141357.

De acordo com Richard, ele e sua equipe mostraram em um dos experimentos 144 imagens em preto e branco e coloridas para oito pombas. A medida em que as imagens fossem passadas, a ave deveria escolher entre uma tela azul ou amarela indicando assim o estado em que o tecido mostrado na imagem estava – saudável ou canceroso.

As pombas foram recompensas com comida a partir de cada acerto. Quando erravam, elas seguiam observando as imagens. As aves foram intercaladas a cada observação para evitar que elas memorizassem as imagens. Depois de duas semanas a precisão de acertos variou de 50% a 80% das vezes.

Em um segundo experimento, Richard e sua equipe colocaram as aves para distinguirem tecidos saudáveis e tecidos com microcalcificações (geralmente associados a câncer). Além disso, eles ainda testaram se as pombas conseguiam diferenciar e identificar massas (bolinhas) suspeitas nas imagens de mamografias. Esses foram os resultados menos animadores pois elas não conseguiram alcançar satisfatoriamente esse objetivo.

Pomba no ambiente de treinamento. Foto: Richard Leveson e Cia.

Essas descobertas não significam que usaremos pombas dentro dos laboratórios/consultórios. E sim que, podem auxiliar na elaboração de novos métodos e mecanismos mais eficazes na identificação de câncer de mama.

Você pode querer ver...
Mileva, o braço direito de Einstein
Curiosidades Há 1 dia
Mileva, o braço direito de Einstein Conheça um pouco mais sobre a Mileva, uma mulher muito importante na vida e carreira de Albert Einstein.
Tartarugas marinhas são infiéis
Curiosidades Há 1 dia
Tartarugas marinhas são infiéis Estudo realizado derruba um mito por trás das tartarugas marinhas. Confira o que foi possível observar com o estudo.
Miopia: como ter uma visão melhor?
Curiosidades Há 2 dias
Miopia: como ter uma visão melhor? Está com a vista cansada? Descubra como você pode melhorar sua visão sem gastar horrores!
Ataques cardíacos no Natal e Ano Novo
Curiosidades Há 2 dias
Ataques cardíacos no Natal e Ano Novo Estudo publicado na revista científica BMJ sugeriu que um risco de ataques cardíacos aumenta em 15% no período de Natal. Confira!
Que palavras nos tornam humanos?
Curiosidades Há 3 dias
Que palavras nos tornam humanos? Experimento realizado para entender nosso comportamento coloca em debate o que nos faz ser humanos. Confira!
Farout: o planeta cor-de-rosa
Curiosidades Há 3 dias
Farout: o planeta cor-de-rosa Conheça o Farout, um planeta cor-de-rosa que está à 18 bilhões de quilômetros da Terra.
Últimas postagens
1
Mileva, o braço direito de Einstein
2
Tartarugas marinhas são infiéis
3
Miopia: como ter uma visão melhor?
4
Ataques cardíacos no Natal e Ano Novo
5
Que palavras nos tornam humanos?
6
Farout: o planeta cor-de-rosa
7
Botas de fungos e suor
8
A formiga drácula: mandíbulas mais potentes do mundo
9
Natal: como não engordar nessa época?
10
Pelos: por que temos?
Parceiros
Publicidade