Banqueiro roubava de clientes ricos para ajudar os pobres

Chamado de "Banqueiro Robin Hood" ele retirava das contas com muito dinheiro para ajudar os mais pobres a conseguirem créditos pra um empréstimo.

Banqueiro roubava de clientes ricos para ajudar os pobres
Escrito por: Ms Redação 08 de outubro de 2018 13h44 Comentários

Gilberto Baschiera, ex-gerente de um banco em Forni di Sopra, uma pequena cidade nos Alpes Dolomitas da Itália, foi apelidado de “Banqueiro Robin Hood” por tirar cerca de € 1 milhão (R$4,3 milhões) de contas de poupadores ricos, durante vários anos, para ajudar as pessoas pobres a se qualificarem para empréstimos.

Tudo começou em 2009, no auge da crise financeira global, quando os critérios dos bancos para avaliações de aprovação de crédito mudaram. Não se tratava mais de uma avaliação geral do cliente, mas da confiabilidade do cliente, estabelecida no balcão do banco, em um computador.

Então, quando um homem local veio ao escritório de Gilberto Baschiera pedindo um pequeno empréstimo, e o gerente do banco viu que ele não se qualificava de acordo com os novos critérios, sentiu pena dele. Em vez de mandá-lo embora, como a maioria dos gerentes de bancos teria feito, Baschiera tirou algum dinheiro da conta de um cliente rico e o adicionou à conta do pobre homem, para que ele se qualificasse. Mas este foi apenas o começo da carreira de Gilberto Baschiera como um moderno Robin Hood do mundo bancário.

Não demorou muito para que a generosidade do gerente do banco se espalhasse pela Forni di Sopra, uma comunidade relativamente pequena de cerca de mil pessoas, e outros locais começaram a procurar ajuda para se qualificar para empréstimos.

Ele ajudou-os exatamente como ele fez com o primeiro, tirando dinheiro das contas de clientes ricos, mas disse a todos para pagar essas somas rapidamente, para que ele pudesse cobrir seus rastros. Todos concordaram alegremente, mas nem todos pagaram suas dívidas, deixando Baschiera exposta. Após sete anos, suas façanhas como o "banqueiro de Robin Hood" foram descobertas, e ele foi condenado a dois anos de prisão por seus crimes.

Felizmente para o nosso herói, o fato de ele não tomar um centavo do dinheiro que ele extraiu das contas dos clientes ricos para si mesmo, e de que essa foi sua primeira ofensa criminal, fez uma enorme diferença.

Como parte de um acordo judicial, Gilberto Baschiera recebeu uma sentença suspensa e não cumprirá qualquer pena real de prisão. Ainda assim, sua história não teve um final feliz. Segundo o seu advogado, Roberto Mete, Baschiera perdeu tanto o emprego como a casa, que foi confiscada pelo Estado.

"Ele acha que não faria isso de novo", disse Mete à BBC. “Ele estava convencido de que poderia ajudar as pessoas. Mas agora ele perdeu o emprego e a própria casa ”.

"Ele queria ajudar as pessoas que não podiam acessar os empréstimos da maneira normal", acrescentou o advogado de Baschiera. “Ele criou uma espécie de sistema de financiamento paralelo, confiando que as pessoas que ele estava ajudando poderiam pagar. Algumas não puderam. Ele explicou às autoridades por que ele havia feito isso, e que ele achava que as pessoas que ele estava ajudando conseguiriam devolver o dinheiro ”.

Em entrevista ao jornal italiano La Repubblica, o banqueiro Robin Hood disse que o sistema bancário “abandona pensionistas que recebe o mínimo e os jovens sem recursos”, acrescentando que “sempre pensei que, além de proteger os poupadores, nossa tarefa era ajudar aqueles com necessidade". A mídia italiana informou que Baschiera chamou todos os clientes cujas contas ele desviou dinheiro para explicar suas ações.

O gerente do banco generoso disse que, se ele pudesse voltar no tempo, provavelmente não faria a mesma coisa novamente, porque o preço pago foi "muito alto".

Fonte: Oddity Central

Você pode querer ver...
Mulher faz incriveis fantasias de crochê para os filhos
Entretenimento Há 9 horas
Mulher faz incriveis fantasias de crochê para os filhos Muitas vezes o crochê pode ser muito mais divertido do que muita gente pensa.
Inaugurada no Vietnam cafeteria inundada com peixes vivos
Entretenimento Há 9 horas
Inaugurada no Vietnam cafeteria inundada com peixes vivos A ideia é bem interessante e leva o conceito de animais no restaurante a outro nível.
Angulas - A comida caríssima que não tem gosto
Entretenimento Há 9 horas
Angulas - A comida caríssima que não tem gosto As angulas eram comidas considerada da classe trabalhadora, hoje são pratos de luxo...por algum motivo.
Confira o trailer do Spotify que foi banido por ser assustador
Entretenimento Há 1 dia
Confira o trailer do Spotify que foi banido por ser assustador O vídeo foi denunciado por ser assustador e não adequado para crianças.
Cubra os ouvidos: Homem bate recorde de nota musical mais alta
Entretenimento Há 1 dia
Cubra os ouvidos: Homem bate recorde de nota musical mais alta O recorde de alta musical mais alta cantada por um homem é impressionante.
Chineses pretendem lançar lua artificial para iluminar as ruas
Entretenimento Há 1 dia
Chineses pretendem lançar lua artificial para iluminar as ruas A ideia é criar um ponto turístico, assim como diminuir o gasto com postes de luz.
Últimas postagens
1
Mulher faz incriveis fantasias de crochê para os filhos
2
Inaugurada no Vietnam cafeteria inundada com peixes vivos
3
Angulas - A comida caríssima que não tem gosto
4
Confira o trailer do Spotify que foi banido por ser assustador
5
Cubra os ouvidos: Homem bate recorde de nota musical mais alta
6
Chineses pretendem lançar lua artificial para iluminar as ruas
7
O aquecimento global poderá causar a falta da cerveja
8
Templo milenar esculpido em uma única rocha faz viraliza
9
O site que cobra 99 cents para você ver quem pagou também
10
Homem se enterra vivo na Índia para virar um deus
Parceiros
Publicidade