A cidade do Chile que só pode morar quem não tiver apêndice

Villa Las Estrellas é mais do que isolada, ela fica longe de todos e de tudo, bem no meio do frio Antártico.

A cidade do Chile que só pode morar quem não tiver apêndice
Escrito por: Ms Redação 13 de setembro de 2018 14h41 Comentários

Você pode imaginar a necessidade de ter seu apêndice removido apenas para poder viver em sua cidade? É exatamente o que os moradores de Villa Las Estrellas, um pequeno assentamento chileno na Antártida, precisam fazer para viver lá.

Para ser capaz de compreender um requisito tão bizarro, primeiro você precisa saber algumas coisas sobre Villa Las Estrellas. Em suma, este lugar é provavelmente o mais próximo que você pode chegar a experimentar a vida em outro planeta. A vila está localizada tão longe da civilização humana e as condições climáticas são tão extremas que os futuros residentes devem passar por um exame psicológico muito completo para provar que podem viver aqui por um longo período de tempo.

No inverno, todo o lugar é enterrado sob vários metros de neve e as horas de luz do dia são substituídas por alguns minutos de crepúsculo. A temperatura média é de -2,3 graus Celsius, mas eles podem cair para -47 nos meses de inverno, tornando quase impossível até mesmo colocar os pés fora das casas semelhantes a contêineres.

Villa Las Estrellas é atualmente o lar de mais de 80 habitantes, principalmente membros da força aérea chilena e suas famílias, com todos com mais de seis anos de idade e sem apêndice. A exigência de remover o órgão potencialmente problemático é uma precaução. Como esta cidade gelada está localizada na remota King George Island, a 120 km da costa da Antártida, com o hospital cirúrgico mais próximo a mais de 1.000 km de distância, a remoção do apêndice dos residentes reduz o risco de uma viagem de emergência.

Villa Las Estrellas na verdade tem seu próprio hospital, mas é ocupado por um clínico geral que não pode lidar com cirurgias de emergência. E com ventos soprando com velocidades de até 200 km / h, granizo e outros fenômenos meteorológicos extremos, de colar com um avião pode demorar dias.

"Devemos estar preparados para manter uma pessoa viva por dois ou três dias, o tempo que normalmente leva para um avião para decolar daqui", disse à EFE o comandante da base aérea militar, Sergio Cubillos. Por essa mesma razão, engravidar em Villa Las Estrellas não é proibido, mas desencorajado.

Então, por que alguém iria viver em um lugar como este? Bem, a Villa Las Estrellas foi fundada em 1984, durante a ditadura militar de Augusto Pinochet, como forma de consolidar a presença do Chile no então chamado “Antártico Chileno”. As famílias vivem lá desde então, e o Chile continua sendo um dos dois únicos países - o outro sendo a Argentina - a instalar famílias inteiras na Antártida. Os outros 24 países presentes no continente congelado só operam pesquisas temporárias e bases militares.

Hoje em dia, as famílias que decidem mudar-se para Villa Las Estrellas e remover o seu apêndice fazem isso principalmente para ganho monetário. O governo chileno oferece incentivos financeiros consideráveis ??para os colonos dispostos a passar alguns anos nessa comunidade remota, e alguns acham que é difícil resistir.

Apesar das dificuldades óbvias de viver em uma ilha remota perto da costa da Antártida e ter que ter seu apêndice removido, a maioria dos moradores de Villa Las Estrellas consegue encontrar algum conforto.

“A vida familiar na Antártida é muito calma e agradável porque passamos muito mais tempo juntos do que antes”, disse a jornalista Macarena Villarreal, mãe de dois filhos e esposa de um militar, à EFE.

Você pode querer ver...
A história da mulher que engravidou mesmo sem ter vagina
Curiosidades Há 55 minutos
A história da mulher que engravidou mesmo sem ter vagina A história confundiu até mesmo os médicos e é muito mais estranha do que se pode imaginar.
Curioso! Quatis estão usando sabonetes para se higienizarem.
Curiosidades Há 2 horas
Curioso! Quatis estão usando sabonetes para se higienizarem. Um grupo de quatis estão usando sabonetes, sabão e detergentes para se higienizarem. O acontecimento foi registrado na Ilha do Campeche em Florianópolis.
Conheça a vacina auto aplicável e que pode ser enviada por Correio!
Curiosidades Há 2 horas
Conheça a vacina auto aplicável e que pode ser enviada por Correio! A ideia é que, se você precisar tomar uma vacina para a gripe por exemplo, mas não tem condições de ir a uma clínica pagar para aplicar a vacina.
Pombos e azar: Como o Tinder foi desenhado para ser viciante
Curiosidades Há 3 horas
Pombos e azar: Como o Tinder foi desenhado para ser viciante Conheça o estudo realizado nos anos 40 que foi responsável pela criação do recurso de "deslizar para a direita"
Curiosidades históricas sobre a saúde e higiene do passado
Curiosidades Há 23 horas
Curiosidades históricas sobre a saúde e higiene do passado Todo mundo sabe antigamente a higiene e saúde nas eras passadas não era algo muito sofisticado.
Pesadelo: Teia de mais de 300 metros aparece em cidade da Grécia
Curiosidades Há 1 dia
Pesadelo: Teia de mais de 300 metros aparece em cidade da Grécia Por causa do calor e do tempo úmido as aranhas estão se produzindo rapidamente.
Últimas postagens
1
A história da mulher que engravidou mesmo sem ter vagina
2
Cafeteria coreana faz sucesso ao parecer história em quadrinhos
3
Parece ficção! conheça o Elevador para o Espaço.
4
Curioso! Quatis estão usando sabonetes para se higienizarem.
5
Conheça a vacina auto aplicável e que pode ser enviada por Correio!
6
Pombos e azar: Como o Tinder foi desenhado para ser viciante
7
9 atos de bondade que vão alegrar o seu dia
8
Nova fonte pode aumentar as suas redações em até 10%
9
Curiosidades históricas sobre a saúde e higiene do passado
10
Pesadelo: Teia de mais de 300 metros aparece em cidade da Grécia
Parceiros
Publicidade